x
CONTEÚDO notícias

Auxílio

Auxílio-doença: Saiba como solicitar ou prorrogar durante a pandemia

Para garantir concessão ou prorrogação do auxílio doença, segurado precisará prestar informações.

05/06/2020 16:40:01

10,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio-doença: Saiba como solicitar ou prorrogar durante a pandemia

As medidas econômicas impostas pelo governo para o período de pandemia, têm deixado muitas pessoas em dúvida sobre como ficou outros benefícios e auxílios que já eram concedidos anteriormente. O auxílio-doença é um desses casos.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspendeu os atendimentos presenciais nas agências, mas muitos serviços continuam sendo realizados de forma online.

Para quem já é beneficiário do auxílio-doença, a Secretaria de Previdência informou que ele será prorrogado pelo INSS automaticamente, até o fim da pandemia, e o segurado recebe antecipação no valor de um salário mínimo por até três meses.

Para quem tem direito a mais de um salário mínimo, o restante do valor será pago somente após a reabertura das agências do INSS. Na ocasião, serão divulgadas orientações para população solicitar a diferença de valor.

Direito ao auxílio-doença

O segurado só poderá receber o benefício, caso tenha contribuído para a Previdência Social por, no mínimo, 12 meses.

Mas, se o afastamento for decorrente de acidente de trabalho, não há carência para receber o dinheiro.

Já para quem ainda precisa requerer o auxílio, durante o período de pandemia em que as agências estão fechadas e as perícias não estão sendo realizadas, é preciso enviar o atestado médico pelo site ou aplicativo do “Meu INSS”.

Se o atestado estiver dentro dos padrões solicitados pelo governo, após a verificação da perícia médica federal, o Instituto fará o processamento do pedido e, em seguida, o solicitante receberá o pagamento da antecipação do benefício no valor de R$1.045.

O benefício será concedido seguindo o calendário de pagamento mensal o INSS. No site da instituição, você poderá ver o passo a passo de como enviar o atestado.

Perícia médica

Quem chegou a fazer a perícia para receber o auxílio antes do fechamento das agência, basta acompanhar o status da análise pelo “Meu INSS” ou pela central telefônica 135. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 7 às 22 horas.

Outra dúvida comum é sobre a necessidade de comparecimento em uma perícia médica para recebimento do complemento do valor total. Neste caso, quando as agências do INSS retomarem as atividades presenciais, será enviada uma notificação para os segurados sobre o procedimento necessário para realizar a checagem médica.

A Secretaria de Previdência aconselha que o beneficiário sempre mantenha os dados de contato atualizados. Eles podem ser checados no site ou aplicativo do Instituto.

Para quem teve o auxílio doença prorrogado agora na pandemia, mas já está apto a voltar para o trabalho, a orientação é que o trabalhador solicite a alta a pedido, para que seja suspensa a antecipação do dinheiro.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.