x
CONTEÚDO notícias

Dependente

IR 2020: Quem pode ser declarado como dependente?

Confira as regras para declarar um dependente no Imposto de Renda 2020 e evite cair na malha fina.

08/06/2020 11:05:01

4,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

IR 2020: Quem pode ser declarado como dependente?

Contribuintes que declaram dependentes no Imposto de Renda 2020 podem conseguir uma restituição maior ou até pagar menos imposto à Receita Federal. Contudo, devem se atentar às regras para não cair na malha fina.

Em geral, marido, mulher, filhos e enteados até 21 anos podem ser dependentes. A idade sobe para até 24 anos se estiver cursando ensino superior e escola técnica.

Também é importante ressaltar que dependentes que recebam salário devem ter o valor informado no IR sob risco de cair na malha por omissão.

Deduções Imposto de Renda

Vale lembrar que o limite de dedução é anual e ainda é aplicado no ano em que o dependente faz 25 anos.

Isso quer dizer que não há fração mensal. Se ele completou 25 anos em 2019, o contribuinte pode deduzir 100% ou se ele nascer no dia 31 de dezembro de 2019, pode-se deduzir o total também, afirma o especialista.

Outra regra para a qual é preciso ficar bem atento diz respeito aos gastos com o dependente. Eles só podem ser deduzidos pelo contribuinte que informá-lo na declaração.

Quem ajuda na criação de netos e sobrinhos pode ir para a malha fina se tentar declará-los. Só é possível declarar se tiver a guarda-judicial.

O mais importante ao declarar um dependente é ter o CPF para qualquer idade, mesmo no caso de bebês. Sem este documento, não dá para enviar a declaração e o contribuinte perde a dedução.

Trabalhador com carteira assinada

O profissional que trabalha com carteira assinada e tem filhos como dependentes costuma ter o abatimento mensal na hora de pagar o Imposto de Renda.

Isso significa dizer que o trabalhador já tem um desconto mês a mês na fonte e paga menos imposto ao fisco por ter filhos sob os seus cuidados. Com isso, na hora de declarar o IR, esse profissional não pode deixar de informar o dependente para fazer o ajuste anual.

Se deixar de declarar o filho, terá uma restituição menor ou pagará imposto. Por isso, marido e mulher que fazem declaração em separado precisam definir quem terá direito de tratar o filho como dependente no Imposto de Renda.

Em geral, casais sem filhos que restituíam um valor maior antes do nascimento da criança sentem a diferença na hora de fazer a declaração, caso tenham carteira assinada.

Além da dedução por dependente, que neste ano é de R$ 2.275,08 para cada um deles, também é possível abater as despesas com educação e com saúde. No caso dos gastos com educação, o valor é de R$ 3.561,50 no ano. Para as despesas com saúde, não há limite.

Informações: Agora SP

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.