x
CONTEÚDO notícias

Qualificação

Pandemia: Sebrae registra aumento na procura por qualificação para empreender

O levantamento divulgado pelo Sebrae aponta que durante a pandemia houve aumento no interesse das pessoas em se qualificar para empreender.

09/07/2020 09:50:01

936 acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Pandemia: Sebrae registra aumento na procura por qualificação para empreender

Um levantamento realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apontou que houve aumento na procura por cursos ofertados à distância voltados para qualificar a população para empreender.

Segundo a entidade, 2020 já soma 1,5 milhão de inscritos, cerca de 400 mil a mais que a quantidade total de 2019. O curso de maior procura é o de Marketing Digital, com 177 mil interessados.

Gestão Financeira, Aprender a Empreender, Atendimento ao Cliente e Gestão de Pessoas, todos gratuitos, aparecem na sequência no ranking de cursos mais requisitados.

Para o Sebrae, o motivo do aumento na demanda, principalmente na formação de Marketing Digital, é devido a pandemia, na qual muitos empresários se viram obrigados a fechar as portas e passar e começar a vender seus produtos de maneira online. A reformulação dos negócios engajou a população a procurar bases de conhecimento.

“As empresas passaram a procurar mais o Sebrae para saber como usar o digital, como vender pela internet”, ressalta a analista de Soluções do Sebrae, Raquel Bentes.

No ano passado, por dia, cerca de seis mil pessoas se inscreveram no curso, mas em 2020 a média diária está em torno de 11 mil empreendedores, sendo que, em abril, essa marca chegou a 15 mil interessados.

Perfil empreendedor

Além de ensinar a tocar os negócios online, a entidade também conta com um curso que auxilia as pessoas na definição de um perfil ideal para o tipo de negócio ou aprimoramento do que já existe. É o curso “Aprender a Empreender”.

No ano passado, esse curso ficou em terceiro lugar entre os mais procurados no Sebrae, atendendo a 105 mil pessoas. Nele são ministradas aulas sobre mercado, marketing aplicado ao cotidiano, apuração de resultados, entre outras disciplinas.

De acordo com a analista de soluções, a instituição acredita que em 2020 a procura será ainda maior, é que foi suspensa a exigência de que a pessoa interessada precisava ter um CNPJ.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.