x
CONTEÚDO notícias

Funcionamento

IBGE: Pandemia afetou 62,4% das empresas em junho

Instituto estimou em 2,8 milhões o número de empresas em funcionamento no período.

30/07/2020 10:20:02

1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

IBGE: Pandemia afetou 62,4% das empresas em junho

A pandemia do novo coronavírus afetou negativamente 62,4% das empresas brasileiras em funcionamento na segunda quinzena de junho, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O instituto estimou em 2,8 milhões o número de empresas em funcionamento no período.

A pesquisa apontou que para 15,1% das empresas, no entanto, a pandemia apresentou impacto positivo. Para outras 22,5%, o impactou foi pequeno ou inexistente.

O impacto foi maior entre as empresas de pequeno porte, com até 49 funcionários: 62,7% perceberam efeitos negativos. O percentual ficou em 46,3% entre as de porte intermediário (até 499 funcionários), e em 50,5% entre as de grande porte (500 funcionários ou mais).

Setores

Por setores, os serviços foram os que mais sentiram impactos negativos: 65,5% delas. Já a indústria teve a menor fatia impactada negativamente: 48,7%.

Serviços
- Impacto negativo: 65,5%
- Efeito pequeno ou inexistente: 19,9%
- Efeito positivo: 14,6%

Comércio
- Impacto negativo: 6,1%
- Efeito pequeno ou inexistente: 22,8%
- Efeito positivo: 13,1%

Indústria
- Impacto negativo: 48,7%
- Efeito pequeno ou inexistente: 24,3%
- Efeito positivo: 27%

Construção
- Impacto negativo: 53,6%
- Efeito pequeno ou inexistente: 37,4%
- Efeito positivo: 9%

TOTAL
- Impacto negativo: 62,4%
- Efeito pequeno ou inexistente: 22,5%
- Efeito positivo: 15,1%

Postos de trabalho

A pesquisa apontou ainda que 14,8% das empresas reduziu seu número de funcionários entre a primeira e a segunda quinzenas de junho. Outros 78,6% disseram ter mantido o quadro inalterado, e 6,3% aumentaram o número de trabalhadores.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.