x
CONTEÚDO notícias

Pandemia

Prazo para solicitar seguro-desemprego é suspenso

Trabalhadores tinham até 120 dias para solicitar o seguro-desemprego, mas o prazo foi suspenso por conta da pandemia.

02/09/2020 09:05:01

11,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Prazo para solicitar seguro-desemprego é suspenso

O Diário Oficial da UNião publicou a resolução nº 873/2020 que suspende o prazo para solicitar o seguro-desemprego, enquanto durar o período de calamidade pública. Até então, empregados deveriam fazer o pedido em até 120 dias.

De acordo com o texto, a suspensão temporária se aplica aos requerimentos iniciados após a declaração do estado de emergência pública.

Com isso, todos os recursos e solicitações, mesmo que judiciais, que questionavam e até indeferiam pedidos do seguro-desemprego em razão de prazo também passam a ser válidos.

Trabalhadores domésticos

A medida também se aplica à empregadores domésticos. A Lei Complementar nº 150 estabelecia que a solicitação do seguro-desemprego deveria ocorrer dentro do prazo de 90 dias.

Caso o empregado tenha perdido esse prazo por motivo de força maior, poderá solicitar a revisão do indeferimento por meio de recurso administrativo.

Seguro-desemprego

Vale lembrar que diversos trabalhadores relataram filas e dificuldades para solicitar o seguro-desemprego no início da pandemia.

O governo estima que existe uma demanda reprimida de cerca de 250 mil pedidos de seguro-desemprego entre março e abril deste ano.

Essa é a estimativa de pessoas que teriam direito a pedir o benefício, mas não fizeram porque as agências do Sine estão fechadas devido à pandemia do coronavírus.

A solicitação pode ser feita pela internet, mas nem todas pessoas têm acesso à rede ou a essa informação.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.