x
CONTEÚDO notícias

Reabertura

INSS: Perícias agendadas são suspensas após médicos se recusarem a voltar

Médicos peritos decidiram não retomar atividades nas agências do INSS por falta de condições para atendimento seguro.

14/09/2020 15:05:01

2,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

INSS: Perícias agendadas são suspensas após médicos se recusarem a voltar

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltaram aos atendimentos presenciais em todo o Brasil, nesta segunda-feira (14), exceto no estado de São Paulo que conseguiu uma decisão judicial para manter as portas fechadas, após quase cinco meses fechadas.

Porém, os médicos peritos decidiram não retomar as atividades presenciais hoje e o INSS decidiu suspender as perícias agendadas até que sejam realizadas inspeções que comprovem a adequação dos consultórios das agências para o atendimento ao público.

"O segurado que tinha agendamento para avaliação pericial, deve desconsiderar e proceder com a remarcação pelo Meu INSS e telefone 135", informou, em nota, o Instituto.

Segundo a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), a categoria decidiu não retomar as atividades presenciais após apenas 12 das mais de 800 agências com serviço de perícia terem sido aprovadas em vistorias realizadas pela entidade.

"Mesmo com todo o alarde da pandemia, ainda tínhamos agências sem EPI [Equipamentos de Proteção Individual] até o presente, dentre diversos outros problemas", afirmou a associação.

"Abrir apenas estas agências e manter fechadas as demais é inviável do ponto de vista gerencial e operacional e causaria potencial caos nas cidades devido a riscos de sobrecarga de demanda", acrescentou.

O INSS informou que, a partir desta segunda-feira, as inspeções nas agências serão feitas em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. "Comprovando-se a adequação dos consultórios, a perícia retomará o atendimento nessas unidades", destacou.

Novas inspeções

Em entrevista à GloboNews, Leonardo Rolim, presidente do INSS, informou que as novas inspeções serão realizadas até quarta-feira (16) e, com isso, espera-se que seja liberado o atendimento da perícia nas agências.

“Nós avisamos as pessoas que as perícias agendadas para hoje teriam que ser reagendadas, nem todos infelizmente conseguiram a tempo a informação. Nós mandamos por SMS, pelo Meu INSS e por e-mail, mas peço desculpa às pessoas que foram às agências e não conseguiram receber a informação a tempo ou não temos algum acesso a algum meio de comunicação com essas pessoas”, disse.
Ele não soube informar quantas pessoas estavam agendadas para perícia.

"Muito em breve nós informaremos quando estará disponível o agendamento da perícia. Ninguém vai ter nenhum prejuízo, quando for feita a nova perícia e o benefício for concedido, ele será retroativo à data de requerimento original" acrescentou.

A prova de vida, que o recadastramento anual dos aposentados e pensionistas, segue suspensa até 30 de setembro, de acordo com instrução normativa do Ministério da Economia. A partir de 1º de outubro, os segurados deverão buscar a agência onde recebem o benefício para atender à exigência.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.