x
CONTEÚDO notícias

Serasa

Pedidos de recuperação judicial caem 7% em agosto

Queda nos pedidos de recuperação judicial em agosto, mesmo com a crise, ocorre porque credores estão aceitando negociar dívidas, segundo Serasa.

25/09/2020 16:35:01

3,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Pedidos de recuperação judicial caem 7% em agosto

Dados divulgados pelo Serasa Experian mostram que os pedidos de recuperação judicial no Brasil tiveram em agosto a quinta queda mensal seguida, mesmo com a crise desencadeada pelos efeitos da Covid-19 ainda gerando efeito sobre a economia.

Segundo a empresa, o movimento ocorre porque credores estão aceitando renegociar dívidas.

O levantamento aponta que foram registrados 142 pedidos de recuperação no mês passado, 10 a menos do que em igual período de 2019. Desde abril, essa é a quinta queda consecutiva do índice, sempre na medição ano a ano. A análise mensal revela retração de -2,2%.

Retração

Na classificação do Serasa por tamanhos, as grandes empresas fizeram em agosto 25% menos pedidos de recuperação judicial em agosto, enquanto nas médias o recuo foi de 20,8%.

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os negócios de maior porte estão se recuperando com mais rapidez diante da retomada das atividades comerciais e de serviço, diante do maior capital de giro. Já as micro e pequenas empresas tiveram leve alta de 1% no número de pedidos.

"As renegociações entre credores e devedores continuam sendo o principal fator para contribuição da queda do índice", afirmou o economista no relatório.

Já na análise por segmento, a pesquisa mostra a baixa dos pedidos em todos os segmentos da economia, exceto no Comércio, que elevou os pedidos de 24 para 31 na comparação ano a ano, com o setor sendo um dos mais atingidos pelas medidas de isolamento social para tentar conter a pandemia.

Em agosto, as solicitações de falências recuaram de 125 para 102. Por faixas, as micro e pequenas empresas tiveram 54 pedido, enquanto médias e grandes registram ambas 24.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.