x
CONTEÚDO notícias

Pagamento

Auxílio Emergencial: governo divulga calendário para 95 mil novos aprovados

Pagamento da primeira parcela para quem teve o pedido reavaliado será feito a partir desta sexta-feira.

29/10/2020 11:40:01

3,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio Emergencial: governo divulga calendário para 95 mil novos aprovados

O governo divulgou um novo calendário dos pagamentos e saques do Auxílio Emergencial para trabalhadores que tiveram o pedido reavaliado em outubro, decorrente de atualizações de dados governamentais. O lote contempla um público de 95 mil novos beneficiários.

Portaria publicada nesta quinta-feira (29) no Diário Oficial da União traz o calendário de créditos na conta social digital e de saques das 5 parcelas originais do Auxílio Emergencial para esse público.

O crédito da primeira parcela em poupança social digital será feito a partir desta sexta-feira (30), e se estenderá até 20 de novembro, de acordo com a data de nascimento.

Segundo o Ministério da Cidadania, com o novo lote o Auxílio Emergencial chegou a 67,7 milhões de pessoas, representando um gasto público de mais de R$ 230 bilhões.

"Os novos lotes do Auxílio Emergencial liberados para pagamento entram nos ciclos em vigor. O público da Portaria nº 519 será integrado ao calendário a partir do Ciclo 4. São oito mil cidadãos nascidos em janeiro que já terão o crédito da primeira parcela na conta social digital nesta sexta-feira", informou, em nota, a Cidadania.

Pagamento auxílio emergencial

A segunda parcela será creditada entre 22 de novembro e 12 de dezembro. Já o crédito da terceira, quarta e quinta parcelas será feito entre 19 de dezembro e 27 de janeiro de 2021.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.