x

Veículos

IPVA 2021: Saiba como consultar os valores cobrados em SP, RJ e MG

Com a entrada de um novo ano, o motorista precisa pagar o IPVA 2021, que é obrigatório para licenciar o veículo.

29/12/2020 10:30:01

52,4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

IPVA 2021: Saiba como consultar os valores cobrados em SP, RJ e MG

Janeiro já está batendo na porta e junto com ele vem a cobrança anual do IPVA, Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores dos veículos. A quitação do imposto é obrigatória para o licenciamento do veículo e quem paga antes em parcela única, costuma ganhar um desconto no valor total.

Calculado com base no valor do meio de transporte, o valor do IPVA pode variar de estado para estado, por isso, saiba como consultar o tributo se estiver em São Paulo, Rio de Janeiro ou Minas Gerais.

É importante lembrar que, caso a taxa não seja paga, o condutor pode perder pontos na carteira de habilitação (CNH) e ter seu veículo apreendido. Portanto, atente-se ao calendário!

IPVA 2021 em São Paulo

Em São Paulo, a consulta do IPVA deve ser feita pela internet e seu valor está ligado ao valor venal de cada veículo, de acordo com a tabela FIPE, além das alíquotas estabelecidas pela Secretaria da Fazenda, que são as seguintes:

- Automóveis movidos à gasolina ou biocombustíveis e picapes de cabine dupla (4%);

- Automóveis movidos exclusivamente a gás, álcool ou eletricidade (3%);

- Motocicletas, motonetas, quadriciclos, ônibus e utilitários de cabine simples (2%);

- Caminhões (1,5%)

Isso quer dizer que se você tem um carro à gasolina que vale R$ 20 mil, seu IPVA será 4% deste valor. Para realizar a consulta, acesse o site da Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo (portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva), preencha os campos “Renavam” e “Placa” com os respectivos números, clique em “Não sou robô” e então em “Consultar”.

A data do pagamento do IPVA 2021 é definida de acordo com o final da placa do veículo, portanto, atente-se à tabela do próximo ano. A quitação do imposto pode ser feita tanto de maneira única (com desconto) como por meio de um parcelamento de até três vezes. A primeira parcela deve ser paga em janeiro.

IPVA 2021 no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o IPVA pode ser consultado de maneira impressa, caso você tenha recebido uma guia de pagamento em sua residência, ou pela internet. As alíquotas praticadas sobre o valor do veículo também são diferentes das praticadas em São Paulo, sendo as seguintes:

- Carros de passeio e caminhonetes (4%);

- Motos, triciclos, ciclomotores, motonetas e quadriciclos de até 250 cilindradas (2%);

- Ônibus e micro-ônibus (2%)

- Caminhões e tratores (1%)

- Carros elétricos (0,5%)

Para realizar a consulta, que é feita pelo sistema do Banco Bradesco, acesse o site do Detran RJ (detran.rj.gov.br), informe o Renavam do veículo no espaço indicado e o CPF, e clique em consultar.

No caso do Rio de Janeiro, o IPVA também pode ser pago tanto por uma cota única (com desconto) ou em três vezes, neste caso, com parcelas entre janeiro e abril, dependendo do final da placa do veículo.

IPVA 2021 em Minas Gerais

Em Minas Gerais, as alíquotas sobre os valores venais dos veículos são definidas da seguinte maneira:

- Carros, veículos de uso misto e utilitários (4%);

- Caminhonetes de carga e furgões (3%)

- Veículos para transporte público, motocicletas e similares (2%)

- Ônibus, micro-ônibus, caminhão e caminhão trator (1%)

Para realizar a consulta do IPVA 2021 do seu caso, acesse o site da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais (ipva1.fazenda.mg.gov.br/ipvaonline), informe o número de Renavam do veículo, o ano de exercício e clique em “Continuar”.

O pagamento pode ser realizado em cota única, com possibilidade de desconto de até 10%, ou em até três vezes. As parcelas estão divididas entre janeiro e março de 2021, com as datas de vencimento variando de acordo com o final da placa do veículo.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.