x

Dia da Mulher

Pesquisa aponta falta de política para aumentar participação delas em lideranças; veja como mudar o cenário

Segundo levantamento, ao mesmo tempo, 76% das empresas reconhecem os benefícios da igualdade de gênero no trabalho e se preocupam em reduzir a desigualdade no mercado.

08/03/2021 14:00:01

910 acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Pesquisa aponta falta de política para aumentar participação delas em lideranças; veja como mudar o cenário

No Dia Internacional da Mulher, o Portal Contábeis quer ressaltar o papel delas nas empresas e nos cargos de liderança.

Uma pesquisa realizada pela Robert Half, empresa de recrutamento especializado, mostrou que 62% das companhias ainda não têm políticas específicas para aumentar a participação das mulheres em cargos de liderança. 

Apesar disso, do total de empresas entrevistadas,  76% reconhecem os benefícios da igualdade de gênero no ambiente de trabalho e manifestam preocupação em reduzir a desigualdade entre homens e mulheres no mercado.

Em relação aos profissionais entrevistados, 64% acreditam que a empresa em que trabalham deveria ampliar a participação feminina no quadro de colaboradores para se tornar uma organização que respeita a igualdade de gênero.

A pesquisa foi feita em fevereiro com 774 profissionais, igualmente divididos em duas categorias: recrutadores (profissionais responsáveis por recrutamento nas empresas ou que têm participação no preenchimento das vagas) e profissionais qualificados empregados e desempregados (com 25 anos de idade ou mais e formação superior).

Igualdade de gênero no trabalho

A pesquisa também aborda os principais benefícios da igualdade de gênero no ambiente de trabalho para os recrutadores, sendo eles:

  • Pensamento mais diverso: 66%
  • Melhora no clima corporativo: 57%
  • Aumenta motivação e melhora o engajamento: 55%
  • Fortalecimento da política de atração de candidatos que valorizam a diversidade: 49%

Já para na perspectiva dos profissionais, os principais benefícios da igualdade de gênero no ambiente de trabalho são:

  • Pensamento mais diverso: 77%
  • Fortalecimento da política de atração de candidatos que valorizam a diversidade: 53%
  • Aumenta motivação e melhora o engajamento: 49%
  • Melhora no clima corporativo: 45%

“É muito claro que as empresas estão preocupadas com o tema de igualdade de gênero e que reconhecem os seus benefícios, mas ainda faltam ações e políticas específicas para essa questão no ambiente corporativo”, afirma Débora Ribeiro, Strategic Account Manager da Robert Half.

Débora Ribeiro explica que existem ações muito simples que podem ser tomadas neste sentido, com custo zero e que já fariam a diferença. Ela cita como exemplos realizar pesquisa interna nas empresas com as mulheres para entender o que falta e o que funciona, além de sugerir ações; estimular autoras mulheres, além de passar a usar referências delas no mundo dos negócios; comunicação e linguagem inclusiva e não tendenciosa, com a substituição por termos neutros; metas transparentes e bem definidas para promoções e méritos e workshops para homens e mulheres com o tema "Vieses e barreiras de gênero".

“Pensamento diverso aparece como o principal benefício, tanto para empresas como para profissionais, da igualdade de gênero no ambiente de trabalho. Mas, para os profissionais, o tema é imperativo e fator de atração, ou seja, fortalece a empresa como uma marca empregadora. A igualdade de gênero, dentre outras questões sobre diversidade e inclusão, é fundamental para a evolução de uma organização”, complementa.

Segundo a Robert Half, com a evolução do trabalho remoto e a quebra dos limites geográficos nos processos de recrutamento, será cada vez mais desafiador atrair e reter os melhores talentos. E a valorização da diversidade de gênero é um aspecto relevante para os profissionais que estão no mercado. 

As empresas que não se atentarem à questão podem acabar perdendo talentos para companhias mais inclusivas.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.