x

Reformas

Reforma Tributária: Bolsonaro sugere a Guedes fatiar proposta; Lira quer aprovar relatório na próxima semana

No ano passado, o governo enviou um projeto para Reforma Tributária para unificar impostos federais, mas não apresentou outras propostas que prometeu.

11/03/2021 15:00:01

4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Reforma Tributária: Bolsonaro sugere a Guedes fatiar proposta; Lira quer aprovar relatório na próxima semana

Nesta quinta-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro disse que sugeriu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que a Reforma Tributária, que está parada no Congresso Nacional há meses, seja fatiada. 

A proposta para reforma foi enviada pelo governo no ano passado. O projeto visa unificar impostos federais, mas não apresentou outras propostas que prometeu, como a desoneração da folha de pagamento com criação de novo imposto.

“Eu tenho falado com o Paulo Guedes que essa reforma seria muito bom se ela fosse feita de forma fatiada, que seria uma garantia de você avançar. O risco que você corre de jogar tudo na mesa, você pode perder, e se perder a resposta não é boa pra economia, para a Bolsa, para o dólar e para o Brasil, como um todo”, disse Bolsonaro em entrevista no Palácio da Alvorada.

Na reforma administrativa, o chefe do Executivo afirmou que a proposta terá um caminho mais “tranquilo” por livrar atuais servidores das mudanças.

Aprovação no Legislativo

Também nesta quinta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, disse ter a expectativa de o relatório da reforma tributária ser aprovado na próxima semana. O parlamentar destacou a importância de concluir hoje a votação da PEC Emergencial.

O relator da reforma tributária é o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), aliado do ex-presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Durante a campanha, Lira reclamou diversas vezes da demora do correligionário em apresentar o relatório.

“É importantíssimo que nós terminemos hoje essa PEC (Emergencial) para dar tempo de se tomar as providências necessárias e passarmos para outros assuntos, que são justamente a reforma administrativa, com a CCJ já instalada, e a liberação do relatório que vamos trabalhar neste fim de semana para que se apresente também o mais rápido possível da reforma tributária”, declarou Lira.

Depois, o presidente da Câmara foi às redes sociais reforçar o desejo. “A expectativa é que o relatório da reforma tributária seja apresentado já na próxima semana”, escreveu.

Fonte: Com informações do Estadão

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.