x

Tecnologia

Saiba como identificar golpes que envolvem a Receita Federal

Para enganar as vítimas, golpistas enviam e-mails, links falsos em redes sociais e até correspondências em nome da Receita Federal.

19/03/2021 11:00:02

3,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Saiba como identificar golpes que envolvem a Receita Federal

Nos últimos anos, o número de golpes envolvendo a Receita Federal estão aumentando no país. 

Para enganar as vítimas, golpistas enviam e-mails, links falsos em redes sociais e até correspondências.

Entre os golpes aplicados estão a suposta intimação de malha fina do Imposto de Renda, lote residual de restituição, necessidade de regularização de dados cadastrais, pagamento de tributos inexistentes e cobrança para liberação de mercadorias.

Para dar aparência de legitimidade à farsa, são encaminhadas à vítima mensagens com informações de contatos falsos de fiscais da Receita Federal.

Caso sofra essa tentativa de fraude, o cidadão deve procurar a Delegacia de Polícia Civil Especializada para fazer denúncia.

Golpes Receita Federal

De acordo com o fisco, a população deve ficar atenta e observar as seguintes recomendações para não cair nos golpes de criminosos:

- A Receita Federal nunca liga ou manda mensagens cobrando pagamentos para liberar mercadorias;

- O pagamento de tributos federais sempre é feito por meio do DARF, o Documento de Arrecadação de Receitas Federais – e nunca por depósito ou transferência em conta;

- Caso exista alguma encomenda por via postal, os Correios são responsáveis pelos procedimentos;

- Caso a encomenda venha por Remessa Expressa (Courrier), deve ser por meio de uma das empresas habilitadas pela Receita (confira a lista completa);

- Para fins de consulta de pendências, download de programas ou alterações de informações junto ao Fisco federal, não devem ser acessados endereços eletrônicos que não o oficial do Órgão: receita.economia.gov.br. 

- Informações podem ser alteradas por meio do Extrato da Dirpf no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC).

- Caso o contribuinte não consiga utilizar os serviços virtuais, deve procurar um Centro de Atendimento ao Contribuinte nas Unidades da Receita Federal (http://receita.economia.gov.br/contato).

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.