x

Imposto de renda

IRPF: Bolsonaro pede avaliação da equipe econômica para faixa de isenção até R$ 2,5 mil

A ideia do governo federal é enviar ao Congresso um projeto de lei na próxima semana com a nova proposta de isenção do Imposto de Renda.

22/06/2021 11:30:01

5,3 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

IRPF: Bolsonaro pede avaliação da equipe econômica para faixa de isenção até R$ 2,5 mil Fotos de Marcelo Camargo/Agência Brasil e Pexels

Nesta segunda-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro fez uma reunião no Palácio do Planalto em que ficou combinado o envio ao Congresso, nesta semana, de um projeto de lei que eleva a taxa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física. 

O presidente pediu à equipe econômica que avalie a possibilidade de elevar a isenção para até R$ 2.500. Atualmente, o valor é fixado em R$ 1.903,99.

Apurações feitas pela CNN, apontam que a equipe econômica acordou com o Palácio do Planalto um valor até R$ 2.400, mas o presidente pediu que o ministro da Economia, Paulo Guedes, avalie até a quarta-feira (23) a possibilidade de aumentar a faixa de isenção até R$ 2.500.

Reforma Tributária

Além do IR, também foi pauta da reunião a reforma tributária. Bolsonaro pediu que a proposta não contemple novos impostos ou elevação de carga tributária. Diante disso, a reforma não incluirá a criação de um imposto digital, que chegou a ser comparado a uma recriação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira).

Além disso, a primeira fase da reforma também não deve incluir a criação do chamado IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) Seletivo, que incidirá sobre produtos que geram impacto negativo na saúde ou no meio ambiente, como bebidas alcoólicas, cigarros ou combustíveis.

Segundo o governo federal, a ideia é de que a reforma tributária, em formato fatiado, seja aprovada até dezembro já que dificilmente as propostas serão votadas em 2022 por ser um ano eleitoral.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.