x

Novas autorizações

Auxílio Emergencial: 30 mil novos beneficiários são incluídos no programa e devem receber parcelas acumuladas

Os novos beneficiários começam a receber os pagamentos a partir deste sábado (17).

16/07/2021 14:00:01

1,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio Emergencial: 30 mil novos beneficiários são incluídos no programa e devem receber parcelas acumuladas Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O governo federal divulgou que vai pagar o auxílio emergencial para mais 30.390 trabalhadores. Para saber se está na lista dos aprovados, basta acessar o site do Ministério da Cidadania clicando aqui. 

Esses pagamentos começam neste sábado (17) para os nascidos em janeiro, que não são do Bolsa Família, por meio de depósitos em poupança social digital. Já os saques em dinheiro e autorização para transferências serão liberados entre 2 e 18 de agosto.

O cronograma continua no domingo (18) para quem nasceu em fevereiro, antecipando em uma semana os créditos na conta desse público. Os pagamentos são retomados na terça-feira (20) e seguem diariamente até o fim de julho, com exceção da segunda-feira (26).

Novos beneficiários receberão auxílio acumulado

O Ministério da Cidadania informou que os novos aprovados receberão a primeira, a segunda e a terceira parcelas de uma vez só. 

Já para o recebimento da quarta parcela, eles serão avaliados novamente e, se continuarem atendendo aos critérios do benefício, receberão de acordo com o calendário do ciclo 4 de pagamentos.

Os novos beneficiários foram considerados elegíveis após processamento de dados realizado neste mês.

"Outros dois mil requerimentos passarão por análise mais detalhada da Dataprev e do Ministério da Cidadania e terão o resultado divulgado em novo lote. Para quem não teve a solicitação aprovada, o prazo para contestação vai até 3 de julho", informou o ministério em seu site.

Em junho, o número de beneficiários do auxílio emergencial foi reduzido. O governo cortou o pagamento de 1.157.856 pessoas.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>