x

Energia

Conta de luz segue com taxa extra mais alta em agosto

Com seca histórica, a bandeira tarifária do mês de agosto seguirá na vermelha, patamar 2.

02/08/2021 15:30:01

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Conta de luz segue com taxa extra mais alta em agosto Foto de Burak Kebapci no Pexels

Os brasileiros continuarão pagando mais na conta de luz no mês de agosto. A bandeira tarifária do mês seguirá a vermelha patamar 2, com custo de R$ 9,492 extras a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. 

Entre os principais motivos que levaram ao aumento está a crise hídrica, a maior já registrada na história. Com isso, é necessário acessar as usinas térmicas, o que eleva o valor para o consumidor. A taxa extra na luz foi reajustada em julho. Antes, custava R$ 6,24.

Sistema de bandeira tarifária

Criado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

Quando há pleno funcionamento das hidrelétricas do país, não há cobrança extra na energia e a cor da bandeira é verde.

Há ainda a bandeira amarela e vermelha nos patamares 1 e 2. Nestes casos, as cores indicam que a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Com a manutenção da bandeira vermelha em seu maior patamar é importante reforçar aos consumidores ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia, recomenda a agência.

Reajuste energia

Confira os valores dos reajustes realizados em julho por companhia e região.

Companhia

Região

Aumento

CERIPA

São Paulo

15,29%

COCEL

Campo Largo (PR)

10,64%

CPFL SANTA CRUZ

Minas Gerais, Paraná e São Paulo

9,95%

RGE SUL

São Leopoldo (RS)

9,95%

COPEL

Paraná

9,89%

ENERGISA SUL SUDESTE

Minas Gerais, Paraná e São Paulo

9,84%

ENEL SP

São Paulo

9,44%

CEMIRIM

São Paulo

9,22%

CERRP

São Paulo

9,21%

ENERGISA MINAS GERAIS

Minas Gerais

9,10%

CELPE

Pernambuco

8,99%

COELBA

Bahia

8,98%

COSERN

Rio Grande do Norte

8,96%

ENEL CE

Ceará

8,95%

CPFL Paulista

São Paulo

8,95%

ENERGIZA SE

Sergipe

8,90%

ENERGIZA MATO GROSSO DO SUL

Mato Grosso do Sul

8,90%

ENERGISA MATO GROSSO

Mato Grosso

8,90%

EQUATORIAL ALAGOAS

Alagoas

8,62%

LIGHT

Rio de Janeiro

6,75%

CERES

Rio de Janeiro

6,44%

ENEL RIO DE JANEIRO

Rio de Janeiro

6,02%

CERPRO

São Paulo

5,71%

CERAL ARARUAMA

Rio de Janeiro

5,51%

EBO

São Paulo

5,21%

CERCI

Rio de Janeiro

5,12%

ENERGISA NOVA FRIBURGO

Nova Friburgo (RJ)

4,95%

ENERGISA TOCANTINS

Tocantins

4,04%

CERCOS

Sergipe

3,21%

SULGIPE

Bahia e Sergipe

2,59%

CEMIG

Minas Gerais

1,28%

Vale lembrar que os valores desses aumentos foram coletados em julho, portanto já podem ter sofrido alterações.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>