x

LDO 2022

Bolsonaro sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022 com vetos parciais; confira

LDO prevê crescimento real do PIB de 2,5%, IPCA em 3,5%, taxa Selic em 4,74% e dólar a R$ 5,15.

23/08/2021 09:30:01

2,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Bolsonaro sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022 com vetos parciais; confira Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, mas com vetos parciais. O texto já havia sido aprovado pelo Congresso.

A Lei estabelece uma meta de déficit primário de R$ 170,47 bilhões para o Orçamento Fiscal e da Seguridade Social e de déficit de R$ 4,42 bilhões para as empresas estatais.

De acordo com o comunicado do Palácio do Planalto, a LDO de 2022 foi elaborada considerando o crescimento real do PIB de 2,5%, o IPCA (inflação oficial) em 3,5%, a taxa Selic (taxa básica de juros) em 4,74% e o dólar a R$ 5,15.

A LDO define as metas e prioridades orçamentárias da administração pública federal, assim, estabelece as diretrizes de política fiscal e as metas de resultado primário para cada ano.

A nova LDO entra em vigor imediatamente e valerá apenas para o ano de 2022, mas já deve ser observada durante a elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual – 2022, que deve ser apresentada até o próximo dia 31 de agosto.

Salário mínimo e vetos

A Lei também traz as diretrizes sobre o salário mínimo, que prevê, em 2022, um valor de R$ 1.147,00. 

O comunicado do Planalto ressalta que “cabe explicar que a LDO não altera diretamente o valor do salário mínimo, sendo essa quantia apenas uma diretriz a ser considerada na elaboração do PLOA.

 O valor efetivo ainda será fixado por meio de medida provisória (MP).

Dentre os vetos, o presidente Bolsonaro barrou o aumento do Fundo Eleitoral (Fundo Especial de Financiamento de Campanha) e as despesas para o ressarcimento das emissoras de rádio e de televisão pela inserção de propaganda partidária. 

Também foram vetados os marcadores referentes às chamadas emendas de comissão permanente e do relator-geral do orçamento.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.