x

JUROS MAIORES

Juros do cartão de crédito e do cheque especial registram a maior taxa dos últimos 15 meses

Segundo Banco Central, a taxa média utilizada no país chegou a 29,9%, a maior desde maio de 2020.

29/09/2021 15:00:01

1,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Juros do cartão de crédito e do cheque especial registram a maior taxa dos últimos 15 meses Foto: Pixabay

A utilização do cheque especial, cartão de crédito e principalmente do sistema rotativo deste último acaba comprometendo a renda do trabalhador de forma ainda mais impactante agora que a taxa de juros rotativo cresceu 4,6 pontos em agosto, em comparação a julho do mesmo ano, alcançando 336,1% ao ano no mês passado.

O cheque especial também subiu, mas de forma mais amena, aumentando em 0,9 ponto percentual e atingindo a marca de 124,9% ao ano, segundo informações disponibilizadas pelo Banco Central no último dia 27.

A taxa média de juros do país cresceu 1 ponto percentual em agosto, a 29,9% ao ano, igualando com maio de 2020.

Taxa Selic

Este aumento é reflexo direto da contenção monetária conduzida pelo BC para combater a aceleração da inflação, elevando a Taxa Selic a 6,25% ao ano, principal ferramenta utilizada no controle da inflação.

A taxa que começou 2021 no patamar recorde de apenas 2% ao ano subiu 4,25% em apenas 9 meses, com previsão de fechar o ano em níveis ainda maiores, segundo expectativas de especialistas e boletins econômicos.

O spread bancário no segmento de recursos livres se manteve em 21,7 pontos percentuais, equilibrado com o mês de julho e o estoque geral de crédito cresceu em 1,5% em agosto na comparação, resultado que se apropria também do segmento de recursos direcionados, com taxas estipuladas pelo BC.

O saldo dos financiamentos do Brasil passou a ser 52,3% do Produto Interno Bruno (PIB) e no acumulado até agosto, o estoque de crédito passou de 7,8% a 25,9% em apenas doze meses.

 

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.