x

CARREIRA

Cerca de 38% da população está desempregada há pelo menos um ano, mas novas vagas já começaram a ser divulgadas

Pesquisa ainda indicou que além do salário, a localização das vagas está sendo um diferencial no aceite da proposta.

14/01/2022 15:00:01

1,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Cerca de 38% da população está desempregada há pelo menos um ano, mas novas vagas já começaram a ser divulgadas Jeso Carneiro

De acordo com o levantamento feito pela Pesquisa dos Profissionais Brasileiros, realizado pela Catho, site que divulga vagas de empregos, que contou com a participação de 8.114 pessoas de todo o país, 68% dos entrevistados alegaram não estar exercendo nenhuma atividade remunerada. 

Dentro desse grupo, 38% estão desempregados há um ano ou mais e 16,2% alegam estar sem emprego há mais de dois anos. Dentre eles, quase metade (48,3%) foi demitido da última empresa que trabalhava, enquanto 14,3% pediram demissão. 

Outro dado importante revelado pela pesquisa é que, dentre os desempregados, 22,7% alegaram ter recusado alguma nova proposta de emprego. Quando questionados sobre o motivo da recusa, os mais apontados foram remuneração insuficiente (44,1%) e localização da empresa muito longe de casa (22,8%).

“Os dados da pesquisa revelam que existem muitas pessoas sem emprego há muito tempo e muitas delas já até recusaram propostas por não serem compatíveis com o que elas desejam, o que mostra que o brasileiro está buscando qualidade de vida também no ambiente de trabalho”, explica Christiana Mello, CGO-H da Catho.

Para começar o ano com uma melhoria na vida profissional e pessoal, a empresa já tem mais de 324 mil vagas de empregos cadastradas em sua plataforma, com oportunidades no país todo, com ofertas para diferentes perfis.

A previsão dos economistas é que com a melhora do mercado, novas vagas sejam criadas, e que em 2022 a taxa de desocupação diminua gradualmente.

Com informações Catho

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.