x

Auxílio Brasil

Auxílio Brasil 2022: primeira parcela de R$ 400 é liberada hoje

Inscritos no Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 1 devem receber nesta terça-feira.

18/01/2022 11:00:01

8,4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio Brasil 2022: primeira parcela de R$ 400 é liberada hoje Pexels

Nesta terça-feira (18) o governo federal irá liberar a primeira parcela do Auxílio Brasil de 2022.

Devem receber os inscritos no Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 1. O valor médio do benefício deve ser mantido em R$ 400 até o fim do ano, conforme definido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em dezembro.

O auxílio é pago de acordo com o último dígito do NIS. Veja abaixo o calendário de pagamento em janeiro:

  • NIS final 1: 18 de janeiro; 
  • NIS final 2: 19 de janeiro; 
  • NIS final 3: 20 de janeiro; 
  • NIS final 4: 21 de janeiro; 
  • NIS final 5: 24 de janeiro 
  • NIS final 6: 25 de janeiro;
  • NIS final 7: 26 de janeiro;
  • NIS final 8: 27 de janeiro;
  • NIS final 9: 28 de janeiro;
  • NIS final 0: 31 de janeiro;

Auxílio Brasil

Os antigos beneficiários do Bolsa Família migraram automaticamente para o programa Auxílio Brasil, em novembro do ano passado, e podem continuar a usar o mesmo cartão e senha para o saque do benefício.

 Da mesma forma, as famílias que recebiam o Bolsa Família pelo aplicativo Caixa Tem continuam a receber na mesma modalidade de pagamento e podem continuar movimentando o recurso pelo app. A plataforma do Bolsa Família foi atualizada para o formato do Auxílio Brasil.

O Auxílio Brasil é concedido a famílias consideradas na extrema pobreza (renda mensal de até R$ 100 por pessoa) e na pobreza (renda per capita de até R$ 200 mensais). Todas as famílias inscritas no antigo Bolsa Família têm direito ao novo benefício. 

O governo declarou ter beneficiado 14,6 milhões de famílias em novembro e 17 milhões de famílias em dezembro de 2022. Aqueles que não recebiam o Bolsa Família, mas se encaixam nos critérios de renda precisam se inscrever no CadÚnico (Cadastro Único do governo federal para programas sociais) para solicitar o Auxílio Brasil.

Com informações da Uol

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.