x

Dicas

Veja 5 tendências em RH para 2022

Especialista elenca pontos que devem ser considerados neste ano pelas empresas.

19/01/2022 17:00:02

3,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Veja 5 tendências em RH para 2022 Pexels

Há anos, o RH vem se tornando uma das áreas mais estratégicas para as empresas. Com a pandemia, essa importância se acentuou ainda mais – uma vez que gerir as relações de trabalho remoto se tornou indispensável para a operação das companhias. 

Diante de novos formatos de trabalho e desafios até então nunca enfrentados, o setor foi obrigado a se reinventar, buscando ambientes saudáveis e produtivos mesmo à distância.

Osvaldo Pinholi, administrador de empresas e diretor comercial da Treinar Mais, pontua que isso, inclusive, foi comprovado em uma pesquisa feita pela HR Pulse em 2020. Ele diz que os dados mostram que 69% dos profissionais de recursos humanos defendem que a reinvenção da gestão dessa área é imperativa para os próximos anos. 

Por esse motivo, o especialista separou cinco principais tendências do setor que devem ficar na mira das empresas em 2022, confira!

1 - Novos formatos de trabalho

A pandemia mostrou que o isolamento social não impede que os funcionários realizem suas funções com a mesma produtividade. Por mais que muitas empresas estejam planejando a retomada do trabalho presencial, o modelo híbrido certamente prevalecerá dentre a grande maioria. 

Com novos formatos sendo adotados, a tecnologia se tornou uma aliada importante para garantir a operação à distância – principalmente para o RH. Diversos sistemas de gestão, monitoramento e conversação foram aprimorados para ajudar o desempenho deste setor, facilitando a gestão de pessoas e mantendo um bom clima organizacional.

2 - Habilidades técnicas e comportamentais

As tech skills já deixaram de ser as únicas competências avaliadas em um processo seletivo. Hoje, as habilidades emocionais e comportamentais são tão importantes quanto para o futuro do trabalho, mostrando a capacidade do profissional em lidar com a pressão, operar em conjunto com seus colegas, sua resiliência e como agir em momentos de mudanças. 

Nesse cenário, é papel do RH encontrar o conjunto dessas habilidades e suas necessidades para cada cargo, ajudando cada colaborador em sua jornada de trabalho.

3 - Incentivo ao bem-estar

Não há dúvidas dos benefícios do home-office para as empresas – contudo, também não há como negar o lado negativo que ocasionou, sobretudo na sobrecarga de trabalho e seus consequentes prejuízos à saúde, como a Síndrome de Burnout. A própria OMS, inclusive, a declarou como uma doença ocupacional após o aumento de casos na pandemia. 

O incentivo ao bem-estar dos trabalhadores vem se tornando cada vez mais importante, e uma das principais missões dos profissionais de RH para este ano.

4 - Valorização da cultura interna

Com mesmo ou nenhum contato físico entre os colaboradores, muitas empresas precisaram refletir sobre sua cultura interna. Afinal, são suas visões, valores e missões que irão conduzir seu funcionamento e, principalmente, atrair uma maior quantidade de profissionais que se identifiquem com esses propósitos. 

Neste alinhamento, o RH deve ter um papel ativo como auxiliador das definições – e, principalmente, na disseminação interna da cultura, quebrando as barreiras geográficas.

5 - Treinamentos personalizados

Treinar e desenvolver pessoas é uma demanda latente do RH – necessidade que se tornou ainda mais evidente com a pandemia. É preciso criatividade, técnica e metodologias personalizadas para prover treinamentos eficazes e assertivos, principalmente à distância. 

Felizmente, o que não faltam são ferramentas e plataformas que podem auxiliar o departamento nessa tarefa. Os profissionais de RH devem optar por um modelo transversal, que possa ser aplicado para todos, por meio de uma metodologia ativa que incentive o engajamento. Assim, conseguirão não apenas reter mais talentos, como também aumentar a produtividade e elevar o crescimento da companhia.

RH em alta

Por fim, Pinholi reforça que o RH nunca esteve tão em alta. A importância do capital humano ficou extremamente evidente nestes últimos anos, o que elevou a necessidade deste departamento estar constantemente antenado às principais tendências que possam contribuir cada vez mais para uma boa gestão de pessoas. 

O especialista acredita que é preciso estar atento para aproveitar as melhores oportunidades e criar um ambiente realmente promissor para o crescimento dos negócios em 2022.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.