x

Segurança

Pix: Banco Central altera regras de agendamento e saque

Resolução altera regras do sistema de pagamento instantâneo, o Pix, para evitar fraudes nos casos de agendamento e saque.

28/01/2022 14:30:01

4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Pix: Banco Central altera regras de agendamento e saque Pexels

O Banco Central publicou, nesta quinta-feira (28), uma nova resolução que altera regras do sistema de pagamento instantâneo, o Pix. As mudanças afetam especialmente o agendamento e o Pix-troco, como forma de segurança para combater as fraudes. 

A regra estabelece que, no caso de agendamento, o saldo do usuário não deve ser impactado antes da data marcada para a efetivação da transação. 

Além disso, o BC também incluiu que a retenção da solicitação também se aplica no caso da iniciação de um Pix Agendado por meio de serviço de iniciação de transação de pagamento.

Outro ajuste indica que uma transação Pix também poderá ser rejeitada se o agente de saque, nas transações com finalidade de saque ou de troco, não tiver sido habilitado para viabilizar a facilitação de serviço de saque.

As medidas tem como objetivo combater as fraudes que afetam o sistema de pagamento instantâneo.

Pix

O Pix é um meio de pagamento instantâneo. O dinheiro pode ser transferido de uma conta para outra em até dez segundos, a qualquer horário, todos os dias (inclusive feriados e finais de semana). 

Além de transferir e receber dinheiro, você pode também fazer compras pagando com Pix e pagar contas (de luz, de celular etc.) e até impostos, como o Simples Nacional.

Pode ser usada por pessoas físicas e jurídicas (empresas), inclusive MEI (microempreendedor individual).

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.