x

CONTROLE FISCAL

Guia de controles fiscais nos processos de compras e recebimento

Tenha acesso gratuito ao material completo para melhorar os fluxos de entrada de mercadorias e serviços.

13/04/2022 08:30:01

8,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Guia de controles fiscais nos processos de compras e recebimento

A segurança na gestão fiscal do processo de compras depende de uma boa estruturação na entrada de mercadorias e serviços. Levando em conta o fluxo de escolha do produto, pedido de compra, recebimento da nota fiscal, entrega da mercadoria e fechamento mensal. 

Esse processo deve estar muito bem estruturado porque se houver furos, como falta de documentação, falhas de comunicação e ausência de lançamentos, a empresa pode ser até mesmo autuada! 

Pensando nisso, especialistas da Arquivei, software de gestão e automação fiscal, criaram um Guia de Controles Fiscais nos Processos de Compras e Recebimento.

O material é gratuito e traz todas as instruções necessárias para um departamento agir de forma eficiente e segura.

Guia de Controles Fiscais nos Processos de Compras e Recebimento

O material divide em quatro principais etapas o processo de compras, detalhando cada uma delas e exibindo soluções e dicas de como melhorar esses passos: 

  • Solicitação; 
  • Aprovação;
  • Compra;
  • Almoxarifado.

Depois, a parte de recebimento é especificada com diversos pontos de atenção e mostra como colocar em prática o Controle Fiscal de alta performance usando situações reais. 

Ou seja, com este ebook, você vai aprender a como:

  • Evitar cair nos embaraços fiscais;
  • Otimizar o processo de compras;
  • Direcionar sua equipe para a eficiência;
  • Diminuir o retrabalho.

Faça o download do material clicando no botão abaixo e acesse gratuitamente agora mesmo:

[ACESSAR EBOOK]

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.