x

ECONOMIA

Inflação encarece itens de pratos típicos da festa junina e pesa no bolso do brasileiro

Confira quais produtos utilizados na festa junina mais encareceram no período.

19/05/2022 11:30:01

971 acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Inflação encarece itens de pratos típicos da festa junina e pesa no bolso do brasileiro Pixabay

As tradicionais festas juninas comemoradas no país tiveram uma pausa em decorrência da pandemia, e desde de 2019 os brasileiros não puderam celebrar a data. Neste ano, eles deverão preparar o bolso para realizar o tão esperado evento.

De acordo com o estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), encomendado pela CNN Brasil Business, a inflação também impactará os itens utilizados para o preparo dos pratos típicos da festa, que subiram em média 15,29%.

A avaliação foi feita com base na cidade de São Paulo e foi percebido que entre os 10 alimentos analisados, sete tiveram aumento superior a 10% em apenas 12 meses.

O ranking dos alimentos é formado por produtos como leite condensado, coco ralado, farinha de trigo, fubá, milho, maçã, abóbora, mandioca, aguardente e vinho.

Milho e fubá lideram as altas dos itens, o primeiro com uma variação de 41,88%, enquanto o segundo com 41,58%.

O último Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo, mostrou desaceleração de 1,06% em abril deste ano, mas ainda é o maior resultado para o período desde 1996.

Os principais impactos no IPCA vieram da alimentação, bebidas e transporte, contribuindo juntos com cerca de 80% do índice para o mês.

Com informações CNN

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.