x

TECNOLOGIA NA CONTABILIDADE

Tecnologia na contabilidade: saiba como reduzir e controlar inadimplência no setor

Inovação que possibilita gestão do fluxo de caixa em tempo real, resumo financeiro diário e relatórios personalizados para cada cliente são algumas das vantagens.

04/08/2022 08:30:01

2,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

informe publicitário

Tecnologia na contabilidade: saiba como reduzir e controlar inadimplência no setor Pexels

A economia brasileira vive um período desafiador em 2022. Em meio a uma forte retração corporativa, demissões em grandes escalas e a alta de juros, o risco da inadimplência no setor contábil também aumenta, uma vez que seus clientes são empresas sujeitas a este cenário. 

Segundo a superintendência de pesquisa macroeconômica do Santander, a alta da taxa básica de juros, Selic, prevista pelo mercado para os próximos meses, deve desacelerar a recuperação das atividades econômicas e dos empregos que ocorreu nos últimos meses. A taxa de juros projetada para este ano é de 14,25%.

Em um escritório de contabilidade, o não cumprimento dos pagamentos pode impactar diretamente na organização estratégica. 

“Este planejamento pode contemplar melhorias para o escritório e colaboradores, como capacitação e treinamento, novos benefícios, aquisição de novas tecnologias para modernizar processos ou expansão do negócio. A inadimplência dos clientes pode frustrar e adiar esses planos”, comenta a Contadora e Diretora do Sucesso do Contador na Omie, plataforma de gestão (ERP) na nuvem, Cristiane Andrade.

Cristiane avalia que ações econômicas externas e um mercado estagnado podem contribuir para o aumento da inadimplência contábil, mas a tecnologia surge como um caminho para ajudar na organização e controle financeiro das empresas do setor. 

“Os profissionais precisam buscar recursos para automatizar os processos e, dessa forma, ter maior controle em tempo real da movimentação financeira do escritório e de seus clientes. Assim, será possível entender quais empresas estão inadimplentes, há quanto tempo, quais os motivos e pensar em soluções em conjunto, até mesmo, para auxiliar aquele cliente. Olhando para dentro de casa, sempre pensamos em como nossos clientes e parceiros contábeis poderão ser impactados por esses pontos, o que nos fez desenvolver um sistema mais completo e unificado que possa agir para evitar ‘dores de cabeça’ causadas pela gestão financeira”, diz a contadora.

A automatização de processos, por meio de softwares contábeis onlines e integrados, como visto com os ERPs, contribui para a gestão financeira, além de otimizar tempo e produtividade dos colaboradores, que poderão centralizar esforços em tarefas mais estratégicas. 

Dentre as vantagens, possibilita aos contadores ter maior controle do fluxo de caixa e em tempo real, além de conciliação bancária automática, controle de contas a pagar e a receber, planejamento financeiro empresarial, resumo financeiro diário, antecipação de recebíveis online, relatórios personalizados para cada cliente, controle de centro de custos, emissão e controle de boletos, além de conta corrente digital e linha de crédito, sem necessidade de garantias.

Além do cenário desafiador do mercado, Cristiane considera que imprevistos acontecem e um cliente pode, até mesmo, esquecer um pagamento.

“Eventualidades podem ocorrer com qualquer cliente e, nesses casos, a tecnologia também pode ser uma aliada do contador. É possível automatizar o processo de gestão de contratos, a emissão de boletos ou implementar uma régua de cobrança automática. Esses passos ajudarão na gestão dos clientes e a lembrá-los sempre de suas obrigações financeiras”, afirma Cristiane.

Por fim, a boa relação com o cliente é fundamental para evitar maiores problemas. 

“É fato que a inadimplência pode acontecer até com os melhores clientes. Além da tecnologia como aliada nos processos e troca com as empresas, o fator consultivo também é essencial. Entender a realidade daquele cliente e tentar ajudá-lo a resolver seu problema trará benefícios para ambas as partes”, avalia a contadora.

A executiva ainda complementa que negociar as dívidas ou fazer acordos para pagamentos mais acessíveis pode fortalecer a relação com o cliente, além do contador receber pelo serviço prestado.

Sobre a Omie

Fundada em 2013 por Marcelo Lombardo e Rafael Olmos, a Omie tem o propósito de levar prosperidade para qualquer negócio, oferecendo um sistema de gestão inovador, completo e ilimitado. 

Em oito anos, a scale-up tornou-se líder do segmento, com mais de 21 mil escritórios contábeis parceiros e mais de 100 mil clientes em todo país. No último ano, dobrou sua equipe e atingiu a marca de mais de 1700 colaboradores, entre matriz, unidades próprias e franqueadas. 

A empresa é ancorada em três pilares: Gestão por meio do software, Educação - com a Omie.Academy, pilar educacional da empresa que leva capacitação profissional continuada aos empreendedores de forma gratuita - e Finanças - com acesso à serviços financeiros com conta digital nativa do sistema e cobranças via boleto e PIX, com custos bem mais baixos, além de linhas de crédito e soluções para apoio à gestão de pequenas e médias empresas, como o Itaú Meu Negócio gestão by Omie, produto em parceria com o banco Itaú e que faz a integração dos sistemas de gestão e financeiro. 

Além disso, sua atuação regional com a Rede de Franquias, com 130 unidades, a torna a única empresa do segmento a figurar entre as 100 empresas que mais crescem no País, segundo o ranking da Deloitte, estreando no terceiro lugar.

Para conhecer mais sobre as novidades da Omie, não deixe de conferir nossos canais:

Instagram para contadores

LinkedIn

Facebook

Site

Blog

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.