x

Prorrogação

Salário mínimo 2023: anúncio previsto para hoje (9) deve ser adiado pela 2ª vez

Após as manifestações em Brasília (DF), a agenda dos ministros está indefinida.

09/01/2023 09:20:15

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Salário mínimo 2023: anúncio do novo valor deve ser adiado

Salário mínimo 2023: anúncio previsto para hoje (9) deve ser adiado pela 2ª vez Marcos Santos/USP Imagens

O anúncio do valor do salário mínimo de 2023 previsto para essa segunda-feira (9) pode ser adiado após a invasão de manifestantes do Congresso Nacional, Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF) neste domingo (8).

A publicação da medida que deve elevar o salário mínimo para R$ 1.320 depende de uma  avaliação do ministro do Trabalho, Luiz Marinho (PT), sobre a suficiência de recursos.

Geralmente, a norma que oficializa o novo valor é publicada logo nos primeiros dias do ano, porém o valor prometido pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva pode comprometer R$ 7,7 bilhões do orçamento - mais do que o dobro previsto inicialmente.

Dessa forma, a equipe econômica avalia alternativas para minimizar esse impacto. Uma possibilidade seria implementar o aumento do salário mínimo ao longo do ano. Contudo, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), afirmou que o benefício “será pago normalmente”.

No entanto, o ministro não informou quando o governo pretende editar a medida provisória que fixará o novo valor.

Novo Salário mínimo

O pronunciamento do Ministério do Trabalho e Emprego sobre o novo salário mínimo originalmente estava previsto para sexta-feira (6), mas foi adiado para segunda-feira (9) após a primeira reunião ministerial do novo governo, no Palácio do Planalto. No entanto, com as manifestações, a agenda dos ministros está indefinida.

Apesar de a emenda constitucional da Transição ter assegurado R$ 6,8 bilhões para bancar o salário mínimo de R$ 1.320, a forte liberação de aposentadorias e pensões do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) nos últimos meses do ano passado pode resultar em um impacto fiscal maior que o previsto. Nesse caso, o governo terá de remanejar dinheiro de todos os ministérios para bancar esse valor.

Para passar a valer, o governo federal precisa publicar uma nova Medida Provisória (MP) no Diário Oficial da União.

Saiba mais:

Salário mínimo 2023 já está valendo? Entenda;

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.