x

CADÚNICO

CadÚnico: reformulação do registro deve ampliar acesso a programas sociais

Acordo prevê a disponibilização de novas funcionalidades no app do Cadastro Único.

20/02/2023 11:00:02

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
CadÚnico: renovação deve ampliar acesso a programa sociais

CadÚnico: reformulação do registro deve ampliar acesso a programas sociais

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) passará por alterações em breve e a medida deve facilitar o acesso aos programas sociais do Governo Federal.

O acordo judicial de reestruturação foi assinado nesta segunda-feira (13) pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), Defensoria Pública da União (DPU) e Advocacia-Geral da União (AGU).

O acordo, além de garantir os benefícios sociais às pessoas que cumprem os requisitos, permite o repasse de R$ 200 milhões aos municípios e estados durante os meses de março e abril em situações emergenciais para contribuir com a reestruturação da rede do Sistema Único de Saúde (SUS), que permite a busca ativa de pessoas com direito aos benefícios sociais.

O documento possibilita a elaboração de um plano de ação para o primeiro semestre de 2023, que contempla: 

  • Busca ativa de pessoas em situação de extrema pobreza; 
  • Lançamento de campanhas de utilidade pública para esclarecer os critérios para acesso aos benefícios; 
  • Formar novos entrevistadores e operadores para atuar no cadastramento da população; 
  • Disponibilizar novas funcionalidades digitais no aplicativo do CadÚnico; 
  • Exclusão de beneficiários que não atendam aos critérios legais.

CadÚnico é a principal forma de acesso a 32 programas sociais do governo 

O MDS informou que o acordo foi possível devido a uma ação de 2020 realizada pela Defensoria Pública da União, que questionou a paralisação das atividades de cadastramento e atualização do CadÚNico durante a pandemia da covid-19. 

Conforme a pasta, o instrumento representa a “porta de entrada para 32 programas sociais do Governo Federal”.

Também favoreceram:

  • Chegada a um acordo a desestruturação da rede descentralizada de atendimento às famílias no Suas;
  • Falta de articulação federativa e de orientação aos municípios e à sociedade; 
  • Aumento do número de cadastros com divergência de renda.

O acordo prevê que o MDS deverá disponibilizar novas funcionalidades no aplicativo do Cadastro Único “para que as pessoas que nele ingressaram incorretamente, cadastrando-se isoladamente, ainda que morem com suas famílias, possam solicitar o cancelamento do cadastro feito de forma equivocada, seguida de nova inclusão da família de forma correta”.

Com informações do JC Concursos

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.