x

Contábil

Frente parlamentar Mista da Contabilidade é instalada; entenda o que muda

Frente parlamentar busca por aperfeiçoamento da legislação relacionada às prerrogativas da classe contábil.

22/05/2023 17:30:05

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Frente Parlamentar Mista da Contabilidade Brasileira é instalada

Frente parlamentar Mista da Contabilidade é instalada; entenda o que muda

Na última quinta-feira (18) foi instalada a Frente Parlamentar Mista da Contabilidade Brasileira (FPMCB) no Congresso Nacional.

O objetivo é estimular e valorizar a participação dos profissionais da contabilidade nas mais diversas discussões temáticas de interesse no país. O grupo será estratégico para acompanhar a tramitação de proposições legislativas, fornecer subsídios técnicos e a busca por aperfeiçoamento da legislação relacionada à carreira, às atribuições e às prerrogativas da classe contábil. 

A frente faz parte de um esforço conjunto realizado entre o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e entidades representativas dos contadores brasileiros.

De acordo com CFC, trata-se de uma vitória para toda a classe contábil, que tem um histórico de luta por essa representação no Congresso Nacional.

Para o presidente do conselho, Aécio Dantas, a iniciativa proporcionará impactos positivos e profundos na sociedade.

"Se analisarmos a história da Contabilidade, concluiremos que, em sua essência, a nossa profissão é focada e estruturada em aspectos que contribuem para a evolução de empresas e de nações. O nosso trabalho promove a transparência e a nossa assessoria apresenta horizontes mais seguros e assertivos a governos e a clientes", destacou Aécio.

O presidente ainda destacou o trabalho de convergência das Normas de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público aos padrões internacionais; o que tem tornado o Brasil mais competitivo no mercado internacional, e as atividades da contabilidade pública e eleitoral. 

"Tudo isso promove transparência e cidadania; e as demonstrações contábeis financeiras e, atualmente, as não financeiras, que geram um diálogo claro e honesto entre empresas, acionistas, investidores e cidadãos, além de proporcionar uma mudança essencial no modo de se lidar com o meio ambiente e com os aspectos sociais", explicou.

Já o vice-presidente de Política Institucional do CFC, Manoel Carlos de Oliveira Júnior, ressaltou que a Frente também é fruto dos esforços do Sistema CFC/CRCs e deixou registrado um agradecimento aos presidentes dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs), assim como para as demais entidades contábeis, como a Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), o Instituto de Auditoria Independente do Brasil (Ibracon), o Sindicato dos Contadores de São Paulo (Sindicont/SP) e todos os parlamentares que acreditaram e auxiliaram as assinaturas para a composição da frente.

"A FPMCB foi criada com intuito de fortalecer e de defender a ciência e a profissão contábil, mas não vai se restringir a isso. Queremos estar envolvidos diretamente nas discussões de matérias relacionadas ao Código Comercial e às áreas tributária, fiscal, trabalhista, previdenciária, e tantas outras ligadas à nossa profissão", contou Manoel. 

O vice-presidente também reforçou que a Frente servirá para que a classe possa apresentar sugestões, dar suas opiniões e assessoramento aos parlamentares, sejam eles deputados ou senadores. 

"Além de cooperar com a defesa dos interesses da Contabilidade brasileira, essa Frente que se formou abre novas possibilidades de colaborar com o desenvolvimento sustentável do país", finalizou.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.