x

DICAS FINANCEIRAS

4 estratégias para fazer seu salário render mais nesta reta final de 2023

Acabaram as obrigações tributárias do começo do ano mas ainda assim seu dinheiro não rende? Veja dicas práticas para mudar essa situação.

17/09/2023 12:00:03

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Faça seu salário render mais com 4 dicas básicas porém essenciais

4 estratégias para fazer seu salário render mais nesta reta final de 2023

O segundo semestre chegou com menos tributos do que o começo do ano, quando são pagos os tradicionais Imposto de Renda (IR), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) , Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e outros, mas ainda assim o seu dinheiro continua não rendendo, então é hora de conferir estratégias para melhorar essa situação.

Chegou a hora de entender por que, mesmo depois de tanto trabalho, o dinheiro não sobra. A economista que colabora com a redução e concentração de renda por meio da educação financeira, Mila Gaudencio, compartilha quatro estratégias para fazer o salário render mais com práticas possíveis para você adotar no dia a dia. 

A especialista explica que anotar todos os gastos ou ter uma planilha de controle ainda não é suficiente para ter uma vida financeira saudável. “Se conseguirmos colocar em prática estas quatro estratégias, conseguiremos equilibrar as três versões que temos em nós e orientam nosso comportamento: o eu do passado, do presente e do futuro”, acredita a especialista. 

Confira abaixo quais as dicas da economista:

 Autoconhecimento

A maioria das nossas decisões financeiras estão ligadas às emoções. Identificar gatilhos que nos ajudam e nos prejudicam na nossa relação com o dinheiro é o primeiro passo. “Faz três anos que aplico este método das 4 estratégias, e é notável que coragem e determinação são padrões positivos, e medo (de tirar um projeto do papel que pode trazer mais dinheiro) e impulsividade (tomar decisão sem pensar) são os negativos que frequentemente se manifestam”, comenta Gaudencio. 

Refletir, literalmente colocar no papel e entender quais são os seus é um passo importante para a mudança de comportamento.

Comportamento

O segundo passo é entender as razões de tomar atitudes em relação ao dinheiro e quais são os sentimentos que causam tal ação. Pode ser um relacionamento amoroso, problemas no trabalho ou mesmo amizades influentes Quando fazemos isso, ativamos uma área do cérebro que ajuda a filtrar as coisas. “ É como mandar um sinal para o cérebro sobre o que é importante para mim e me avisa quando isso acontecer. o padrão, mais fácil saber para onde vai o comportamento”, esclarece a economista em seu curso disponível na eduK.

Organização
Não é sobre anotar seus gastos, mas planejá-los. Lançar as receitas, despesas e investimentos para todo o ano. Essa postura ajuda a conhecer o seu custo de vida mensal. “Se só anotamos os gastos que tivemos no passado, é como se tivéssemos dirigindo olhando só para o retrovisor. E pode causar um acidente. Por isso, relacionado esta etapa a uma bússola financeira, já que ajuda a nos guiar em uma direção melhor”, explica. 

Planejamento

Crie e especifique metas financeiras, para entender para quê você está guardando dinheiro. “Se você não souber onde vai utilizar o seu dinheiro, você vai gastar”, diz. Melhor aproveitar o cartão de crédito, usando os programas de pontos, por exemplo, e entender como formar e manter a sua reserva financeira fazem parte desta etapa.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.