x

economia

Projeto de Lei propõe suspensão de financiamentos bancários por 180 dias em casos de calamidade

PL 2382/23 busca oferecer suporte financeiro temporário em momentos de calamidade pública.

05/10/2023 16:00:10

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
PL propõe suspensão de financiamentos bancários em casos de calamidade

Projeto de Lei propõe suspensão de financiamentos bancários por 180 dias em casos de calamidade

O Projeto de Lei 2382/23, atualmente em análise na Câmara dos Deputados, visa oferecer um alívio significativo para pessoas físicas e microempreendedores em momentos de calamidade pública ou situações de emergência. De acordo com a proposta, esses indivíduos terão o direito de solicitar a suspensão de financiamentos bancários por um período de até 180 dias, proporcionando um fôlego financeiro crucial durante crises.

Uma das principais medidas estabelecidas pelo projeto é a obrigação das instituições financeiras de criar canais de atendimento dedicados à recepção desses pedidos de suspensão. Isso garantirá que os beneficiários tenham acesso a um processo simplificado e eficiente para solicitar a suspensão de seus pagamentos.

Uma característica importante do projeto é que o prazo original dos contratos será estendido pelo mesmo número de parcelas que forem suspensas. Isso significa que os mutuários não serão prejudicados a longo prazo pela suspensão temporária dos pagamentos.

É essencial destacar que a suspensão temporária dos pagamentos não autoriza as instituições financeiras a cobrar encargos adicionais dos devedores ou incluí-los em cadastros de maus pagadores, protegendo assim os direitos financeiros dos beneficiários.

No entanto, vale ressaltar que a suspensão não se aplicará a contratos de financiamento assinados após a declaração da calamidade ou situação de emergência. Isso visa a garantir a responsabilidade e a manutenção da estabilidade financeira em momentos críticos.

O deputado Gerlen Diniz (PP-AC), autor do projeto, argumenta que ter essa ferramenta em mãos durante a reconstrução após tragédias é fundamental. Isso permite investimentos em bens materiais perdidos e assegura a dignidade das famílias afetadas, ao mesmo tempo em que aquece o mercado local.

Tramitação na Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 2382/23 seguirá um processo de análise nas comissões de Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Essa tramitação, em caráter conclusivo, é fundamental para que a proposta seja devidamente avaliada e possa, eventualmente, se tornar lei, oferecendo suporte crucial para aqueles que enfrentam momentos de crise financeira.

Este projeto, se aprovado, pode ser um avanço significativo na proteção dos interesses financeiros dos cidadãos em tempos de calamidade e emergência.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.