x

13º SALÁRIO

Beneficiários do BPC podem receber o 13º salário em 2023?

BPC é uma garantia para idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência.

13/11/2023 17:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
13º salário: quem recebe BPC tem direito?

Beneficiários do BPC podem receber o 13º salário em 2023?

O final do ano se aproxima e, com ele, vem a esperança do recebimento do tão aguardado 13º salário.

Apesar disso, uma parcela da população fica à margem desta realidade, como é o caso dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) Loas.

Os beneficiários do BPC Loas é uma garantia dada para idosos a partir de 65 anos ou pessoas com deficiência, independente da idade. Esses têm acesso a uma renda mensal que equivale ao salário mínimo.

Apesar disso, o BPC não  configura como um salário e, consequentemente, não dá direito aos beneficiários a um 13º pagamento. Apesar disso, o cenário pode mudar, já que existem propostas que almejam o pagamento do abono natalino a esses beneficiários.

É importante ressaltar que, até o momento, a inclusão do 13º no BPC/Loas está restrita à esfera de propostas legislativas, logo, não há aprovação definitiva no Congresso Nacional.

Por enquanto, existem duas importantes propostas que têm como pauta o abono:

  • Projeto de lei 6.394/2019 que propõe duplicar o pagamento do BPC e do Bolsa Família de dezembro;
  • Projeto de lei 4.439/2020 que sugere o pagamento do 13º para os beneficiários do BPC.

Vale considerar que ambos os projetos estão em andamento, podendo-se concluir que a implementação do abono natalino para os beneficiários do BPC não se efetivará em 2023.

A justificativa para a não conclusão é que há uma burocracia envolvendo a aprovação de uma lei, incluindo análise no Senado Federal, aprovação e sanção presidencial para que passe a vigorar.

Com informações do BM&CNews

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.