x

tributário

Senado vota hoje (29) projetos que taxam investimentos de alta renda e apostas online

Projeto, se sancionado, impactará a tributação da alta renda e empresas de apostas online.

29/11/2023 16:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Senado vota projetos que taxam investimentos e apostas online

Senado vota hoje (29) projetos que taxam investimentos de alta renda e apostas online

O plenário do Senado brasileiro está programado para votar nesta quarta-feira (29) um projeto de lei que redefine a tributação da alta renda, impactando fundos de investimento no exterior (offshore) e exclusivos. Se aprovado, o texto seguirá para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além disso, os senadores vão avaliar um projeto que impõe tributos a empresas de apostas online, sejam elas esportivas ou não. Essas iniciativas, em conjunto, têm o potencial de gerar uma receita significativa, estimada em R$ 22 bilhões para o próximo ano, conforme projeções do Ministério da Fazenda. A proposta é uma peça crucial no pacote econômico de Fernando Haddad, visando aumentar a receita e atingir o almejado déficit zero.

O relator, Alessandro Vieira (MDB-SE), optou por não fazer alterações substanciais no texto original proveniente da Câmara dos Deputados. Essa decisão pode permitir que o projeto siga diretamente para a sanção presidencial, sem a necessidade de retorno para análise dos deputados.

Durante o processo legislativo, Vieira introduziu uma emenda para assegurar que impostos já quitados no exterior possam ser deduzidos no Imposto de Renda pelos investidores, evitando a bitributação.

A proposta propõe uma taxa de 15% sobre investimentos no exterior, a ser paga anualmente. Para fundos exclusivos, a alíquota será de 15% em aplicações de longo prazo e 20% para as de curto prazo, com a cobrança ocorrendo semestralmente. Investidores também serão responsáveis pelo imposto sobre a aplicação acumulada nos fundos, conhecida como estoque. Aqueles que optarem pelo pagamento antecipado até dezembro deste ano beneficiarão de uma taxa reduzida de 8%. Para quem postergar o pagamento do estoque para 2024, será aplicada a taxa total de 15%.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.