x

carreira

Neurociência na carreira: como o cérebro impacta no desenvolvimento profissional?

Como o entendimento da neurociência comportamental e cognitiva impacta escolhas profissionais, desenvolvimento pessoal e colaboração no ambiente de trabalho.

03/12/2023 09:05:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Neurociência e o caminho para o sucesso profissional

Neurociência na carreira: como o cérebro impacta no desenvolvimento profissional?

Na busca incessante por excelência na vida profissional, a neurociência emerge como uma aliada poderosa, desvendando os mistérios do sistema nervoso e proporcionando insights valiosos para aprimorar escolhas e alcançar metas de carreira. Nesse contexto, a interseção entre a neurociência comportamental e cognitiva revela aspectos fundamentais do comportamento humano e sua aplicação no mundo profissional.

A neurociência, campo científico interdisciplinar, se desdobra em cinco disciplinas cruciais para compreender o sistema nervoso:

  • Neurofisiologia: mapeia as funções do sistema nervoso, revelando suas intricadas atividades.
  • Neuroanatomia: explora a estrutura do cérebro, medula espinhal e terminações nervosas, vital para a prática médica.
  • Neuropsicologia: investiga a interação entre o sistema nervoso e o comportamento humano, aprofundando a análise psicológica.
  • Neurociência Comportamental: analisa o comportamento humano à luz de bases biológicas e ambientais, destacando a conexão entre neurotransmissores e fenômenos psicológicos.
  • Neurociência Cognitiva: aborda o entendimento do pensamento, memória e aprendizado, investigando a percepção e a interação dos sentidos na geração de conhecimento.

Focalizando na neurociência comportamental e cognitiva, é possível explorar como o entendimento desses aspectos pode impactar positivamente a trajetória profissional.

Princípio organizador do cérebro: ameaça x recompensa

O cérebro humano, em sua essência, busca incessantemente garantir a sobrevivência, agindo de maneira inconsciente para afastar ameaças e se aproximar de recompensas. Esse princípio organizador molda nosso comportamento, influenciando diretamente nossas escolhas e reações.

A ativação do modo de ameaça reduz os recursos para funções cognitivas do córtex pré-frontal, prejudicando o processamento consciente e a tomada de decisões. Por outro lado, o modo de recompensa, ao aumentar os níveis de dopamina, impulsiona emoções positivas, engajamento e a resolução eficaz de problemas.

Compreender esse mecanismo possibilita transitar do modo ameaça para o modo recompensa, aprimorando a capacidade cognitiva e facilitando o processamento emocional. Essa habilidade revela-se instrumental para enfrentar desafios profissionais, contribuindo para a resolução de problemas complexos e o alcance de metas.

Neurociência e escolhas profissionais

No âmbito das escolhas profissionais, o autoconhecimento emerge como fator crítico para o sucesso. O estudo da neurociência evidencia que, na ausência desse autoconhecimento, as decisões de carreira são frequentemente pautadas por influências externas, negligenciando interesses, habilidades e propósito individuais.

O cérebro, operando com dois sistemas decisórios - o inconsciente e o consciente - revela a predominância do processamento inconsciente em 95% das escolhas diárias. Entender essa dinâmica e praticar o autoconhecimento permite a maximização do funcionamento do córtex pré-frontal, possibilitando escolhas conscientes e alinhadas com metas individuais.

Neurociência e mentalidade de crescimento

A neuroplasticidade cerebral, conceito fundamental na neurociência, destaca a capacidade do cérebro de aprender e se reprogramar ao longo da vida. Esse fenômeno, aliado à mentalidade de crescimento, impulsiona o desenvolvimento de inteligência e talento ao longo do tempo e esforço.

A compreensão desses princípios possibilita a adoção de uma mentalidade de crescimento, estimulando a busca contínua por conhecimento e habilidades. A neurociência oferece a chave para potencializar talentos, desenvolver habilidades e, assim, aumentar as chances de sucesso profissional.

Neurociência e produtividade

O funcionamento eficiente do córtex pré-frontal demanda foco e atenção, desmistificando a ilusão da multitarefa. O entendimento do ciclo circadiano, que influencia o ritmo biológico do cérebro, reforça a importância de estabelecer rotinas de sono e reconhecer os períodos mais propícios para tarefas complexas.

A harmonização com o ciclo circadiano amplia a produtividade, respeitando os momentos ideais para atividades cognitivamente exigentes. O conhecimento desses conceitos proporciona um ambiente propício para maximizar a eficiência e a qualidade do trabalho.

Neurociência e inteligência emocional

A inteligência emocional envolve a integração equilibrada da mente racional e emocional. A neurociência, ao elucidar as bases químicas das emoções, oferece ferramentas para identificar e regular reações emocionais.

A compreensão desses processos neurocientíficos possibilita o desenvolvimento da inteligência emocional, capacitando indivíduos a lidar eficazmente com emoções, tanto as próprias quanto as dos outros. Essa habilidade é essencial para promover relações saudáveis no ambiente profissional.

Neurociência e alterismo

O conceito de alterismo, introduzido pelo pesquisador,  Adam Grant, destaca a doação consciente e generosa, equilibrando o auxílio ao próximo com a consideração dos próprios interesses. A neurociência, ao proporcionar autoconhecimento, amplia a compreensão dos limites individuais, contribuindo para a prática efetiva do alterismo.

Ambientes de trabalho orientados pelo alterismo estimulam o cérebro a permanecer no modo de recompensa, favorecendo o desenvolvimento das funções executivas e fortalecendo a inteligência colaborativa. Essa abordagem, respaldada pela neurociência, promove um equilíbrio dinâmico entre benefícios individuais e coletivos.

Em síntese, a neurociência emerge como uma bússola valiosa na navegação do cenário profissional, capacitando indivíduos a compreender, adaptar-se e prosperar em meio aos desafios constantes. Ao desvelar os segredos do cérebro, ela proporciona uma visão abrangente e transformadora, moldando uma nova era de excelência profissional fundamentada no conhecimento científico.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.