x

FINANÇAS

5 ciladas financeiras de início de ano e como evitar

Especialista dá dicas de como evitar tropeços e iniciar o ano com mudanças de hábitos financeiramente.

03/01/2024 19:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
5 ciladas financeiras de início de ano e como evitar

5 ciladas financeiras de início de ano e como evitar Foto: Jakub Zerdzicki/Pexels

O início de um novo ano traz consigo a promessa de novas oportunidades e metas, mas também pode ser um período de desafios financeiros. Muitas pessoas acabam caindo em ciladas que comprometem suas finanças, por isso, é muito importante ações relevantes envolvendo a organização financeira neste período para evitar complicações maiores nos próximos meses.  

Para Jair Rottini, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera, o cenário que se desenha nos primeiros meses do ano exige atenção redobrada por parte dos consumidores. “Entrar em 2024 sem um planejamento financeiro sólido é como caminhar por um campo minado. Há diversas armadilhas que podem comprometer seriamente a estabilidade econômica das famílias”, alerta Rottini. 

Entre as principais preocupações, Rottini destaca as dívidas acumuladas durante as festas de fim de ano, que muitas vezes passam despercebidas. "É crucial que as pessoas avaliem de perto seus gastos das festividades e elaborem estratégias para quitar essas dívidas de maneira eficiente, evitando que se transformem em um fardo ao longo do ano." 

Além disso, o especialista ressalta a importância de considerar os impostos e despesas anuais, muitas vezes esquecidos nos planejamentos financeiros. “O impacto dessas despesas pode ser significativo. Ignorar esses compromissos pode resultar em desequilíbrio financeiro”, advertiu Jair. E para não começar o ano no alerta vermelho, o coordenador de Ciências Contábeis ressalta: “Deixe uma reserva do 13º para os pagamentos sazonais do primeiro trimestre do ano, como IPTU, IPVA e mensalidades escolares. Assim é possível começar 2024 tranquilo, sem se atropelar com dívidas”.  

Neste cenário, o professor elencou 5 ciladas financeiras de início de ano e como evitar, confira: 

  1. Dívidas das festas de fim de ano. A empolgação das festas muitas vezes leva as pessoas a gastarem mais do que deveriam. O primeiro passo para evitar essa cilada é fazer um levantamento detalhado dos gastos das festas, incluindo presentes, ceias e decorações. Em seguida, estabeleça um plano para quitar essas dívidas, priorizando aquelas com as maiores taxas de juros.
  2. Impostos e despesas anuais. Muitas pessoas esquecem de considerar impostos e despesas anuais no planejamento financeiro. Deixe uma reserva do 13º para os pagamentos sazonais do primeiro trimestre do ano, como IPTU, IPVA, mensalidades escolares, seguro do carro, se possível. Assim é possível começar 2024 tranquilo, sem se atropelar com dívidas
  3. Promoções e liquidações. As promoções de início do ano podem ser tentadoras, mas é importante resistir ao impulso de gastar. Antes de fazer qualquer compra, avalie se realmente precisa do item, compras impulsivas podem comprometer o orçamento e gerar arrependimentos posteriormente.
  4. Reajuste de mensalidades. No início do ano, muitas despesas recorrentes, como mensalidades escolares e planos de saúde, costumam ser reajustadas. Fique atento a essas mudanças e ajustes em seu orçamento de acordo. Se possível, negocie com consultas de serviços para obter descontos ou condições de pagamento mais detalhadas.
  5. Falta de reserva de emergência. A ausência de uma reserva financeira pode ser a maior cilada de todas. Eventos inesperados, como problemas de saúde ou reparos em casa, podem surgir a qualquer momento. Portanto, é de extrema importância guardar uma parte do seu orçamento mensal para construir e fortalecer sua reserva de emergência. Isso proporcionará tranquilidade financeira e evitará o acúmulo de dívidas em situações imprevistas.

Fonte: Jair Rottini, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.