x

SEGURO-RECLUSÃO

Seguro-reclusão e outros benefícios foram atualizados na tabela do INSS 2024

Teto do INSS terá acréscimo de R$ 278,52, passando para R$ 7.786,01 em 2024.

16/01/2024 11:00:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
INSS 2024: seguro reclusão e outros benefício foram atualizados

Seguro-reclusão e outros benefícios foram atualizados na tabela do INSS 2024

Na última sexta-feira (12), o governo oficializou o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) .

Na oficialização ficou estabelecido um piso de R$ 1.412, mesmo patamar do salário mínimo definido pelo governo para 2024.

Na prática, esse valor será o mesmo para o auxílio-reclusão, benefício pago aos dependentes do segurado do INSS com baixa renda e que esteja cumprindo prisão em regime fechado.

Vale também mencionar que o piso e R$ 1.412 também serve para:

  • Auxílio de amparo social ao idoso e à pessoa com deficiência pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Benefícios de prestação continuada pagos pelo INSS correspondentes a aposentadorias;
  • Auxílio por incapacidade temporária e pensão por morte;
  • Aposentadorias dos aeronautas e pensão especial paga à vítimas da síndrome de talidomida.

O reajuste será feito seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2023, para todos os benefícios que superam o piso do órgão.

Diante disso, os segurados que recebem acima do salário mínimo terão um aumento de 3,71%, enquanto isso, os que ganham menos do que o piso nacional, receberão o benefício ajustado em 6,97% em relação a 2023.

Pagamentos

Os depósitos dos valores referentes ao mês de janeiro começarão no dia 24 e vão até 7 de fevereiro, mas para aqueles que recebem até um salário mínimo.

Por outro lado, os beneficiários com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos reajustados a partir do dia 1º de fevereiro.

Conforme a definição do índice de reajuste do teto atual, haverá um acréscimo de R$ 278,52, passando para 2025 R$ 7.786,01.

Segundo dados, atualmente, 25,9 milhões de pessoas recebem até salário mínimo, enquanto 13,3 milhões embolsam valores acima do piso nacional.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.