x

juros consignada

Novo teto de juros para consignado do INSS trará impacto para aposentados e pensionistas mais pobres

A taxa máxima de juros do crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS atinge 1,76% ao mês, marcando uma mudança significativa nas condições de empréstimo.

17/01/2024 09:00:02

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Queda nos juros do consignado afetará aposentados mais pobres

Novo teto de juros para consignado do INSS trará impacto para aposentados e pensionistas mais pobres Foto: Pixabay

A partir de 26 de janeiro, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) experimentarão uma significativa redução nos juros do crédito consignado, com o limite fixado em 1,76% ao mês, proporcionando alívio financeiro para essa parcela da população. Além disso, a taxa de juros do cartão de crédito consignado será ajustada para 2,61% ao mês, oferecendo condições mais favoráveis aos beneficiários.

Essa redução foi impulsionada por um corte de 0,5 ponto percentual na Taxa Selic, que diminuiu de 12,25% para 11,75% ao ano. A medida, formalizada através da Resolução do Ministério da Previdência Social nº 1.361, foi publicada no Diário Oficial da União CNPS/MPS em 12 de janeiro, promovendo transparência e informação aos cidadãos.

É relevante ressaltar que o teto anterior, fixado em 1,80% ao mês, estava em vigor desde dezembro do ano passado, tornando essa mudança uma atualização significativa nas condições de empréstimo para os beneficiários do INSS.

Contudo, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) levanta preocupações, alegando que essa redução pode ter impactos negativos, especialmente para os beneficiários mais vulneráveis, como os de idade avançada e baixa renda. A Febraban destaca que as sucessivas reduções no teto de juros podem prejudicar a população que necessita de crédito em condições mais acessíveis.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.