x

aposentadoria especial

Aposentadoria especial pós-Reforma: direitos, desafios e mudanças legislativas

Conheça os detalhes das regras, os benefícios e os requisitos da aposentadoria especial.

18/01/2024 15:00:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Aposentadoria Especial pós-Reforma: desafios e direitos

Aposentadoria especial pós-Reforma: direitos, desafios e mudanças legislativas

No complexo panorama das políticas previdenciárias, a Aposentadoria Especial emerge como uma necessidade crucial para aqueles que dedicam suas vidas a profissões de alto risco, muitas vezes desconhecendo os benefícios e direitos a que têm direito.

Enquanto a maioria deseja o merecido descanso após décadas de serviço, para alguns profissionais, essa jornada é permeada por desafios. Atividades consideradas insalubres, que expõem os trabalhadores a agentes prejudiciais à saúde, exigem uma compreensão aprofundada dos limites de tolerância, estabelecidos com base na natureza, intensidade e duração da exposição a esses elementos. 

A Constituição Federal de 1988 garante não apenas o adicional de insalubridade, mas também a Aposentadoria Especial, requerendo, entretanto, um laudo pericial para sua concessão.

A última atualização do Boletim Estatístico da Previdência Social, do INSS, revela que, somente em outubro de 2023, foram concedidas 1.173 Aposentadorias Especiais, totalizando 12.140 benefícios ao longo do ano.

É comum que muitos profissionais desconheçam seu direito à Aposentadoria Especial. Um exemplo trágico é o de um motorista de ambulância, cujo advogado pleiteou o benefício. No entanto, durante o processo, o profissional contraiu COVID-19, evidenciando o risco inerente à sua atividade.

A reforma da previdência e as mudanças nas regras

Desde a promulgação da Emenda Constitucional n.º 103, em 13 de novembro de 2019, conhecida como Reforma da Previdência Social, as regras de acesso à Aposentadoria Especial passaram por significativas mudanças.

Regras de transição para filiados ao RGPS

Aqueles filiados ao Regime Geral de Previdência Social até a vigência da EC 103/2019 contam com regras de transição, assegurando a aposentadoria com base nas normas anteriores, desde que cumpram os requisitos.

Requisitos e documentação

Para obter a Aposentadoria Especial, são necessários 25, 20 ou 15 anos de contribuição, dependendo do agente prejudicial, além de cumprir a carência mínima de 180 contribuições. A exposição deve ser contínua, com a necessidade de documentação que comprove a exposição, como o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

Documentação e processo

O PPP, válido desde 1º de janeiro de 2004, substitui os antigos formulários de atividade especial. A comprovação é feita por laudo técnico de condições ambientais do trabalho, emitido por médico ou engenheiro de segurança do trabalho. A busca pela Aposentadoria Especial envolve navegar entre regras antigas, transições e normas pós-reforma.

A busca pela Aposentadoria Especial ultrapassa as mudanças legislativas, destacando a importância da advocacia comprometida, da tecnologia e do respeito aos direitos fundamentais. O compromisso com a justiça e a proteção dos trabalhadores em condições adversas é reafirmado, ressaltando a importância desse processo.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.