x

MAIS DE 6 MIL VAGAS

Site para inscrição do Concurso Nacional Unificado passa por instabilidade devido aos acessos

Governo espera que cerca de três milhões de brasileiros prestem o CNU.

22/01/2024 11:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
CNU: “Enem dos Concursos” passa por instabilidade nas inscrições

Site para inscrição do Concurso Nacional Unificado passa por instabilidade devido aos acessos

O tão comentado Concurso Nacional Unificado (CNU) abriu suas inscrições para os candidatos interessados em prestar a prova na última sexta-feira (19), mas nem todos tiveram sucesso na candidatura, isso porque o site passou por um longo período de instabilidade em decorrência aos acessos simultâneos.

O governo espera que três milhões de brasileiros prestem o CNU – mais conhecido como “Enem dos Concursos” – mas a quantidade de acessos à página pode ser muito maior.

Os internautas interessados em realizar a prova tomaram conta das redes sociais no final de semana reclamando da instabilidade, tirando prints das páginas mostrando que o site informa “aguarde um momento” na tentativa de login e não avança.

Em nota, o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) confirmou o ocorrido e justificou a situação pela alta demanda de acessos.

Mesmo com a dificuldade no acesso, o governo divulgou, pela rede social X (antigo Twitter) que em 24 horas, 217 mil pessoas se inscreveram no Concurso Público Nacional Unificado. Vale lembrar que as inscrições serão encerradas em 9 de fevereiro.

Apesar do prazo para inscrições ainda estar aberto, uma das principais preocupações dos candidatos era sobre perder dias para solicitar a isenção da taxa de inscrição.

Leia mais:

Candidatos já podem fazer inscrição para o Concurso Nacional Unificado; inscrições começam em R$ 60

Enem dos Concursos: Concurso Público Nacional Unificado tem vagas para contadores

 

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.