x

REVISÃO DE BENEFÍCIO

INSS: veja quem ainda pode pedir a revisão do benefício em 2024

Erro no cálculo do benefício ou novos documentos podem melhorar a renda, porém a correção tem prazo definido.

22/01/2024 14:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Benefício do INSS: quem pode pedir a revisão em 2024?

INSS: veja quem ainda pode pedir a revisão do benefício em 2024

É de direito dos aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pedirem a revisão de seu benefício se considerarem que o valor pago está errado ou que algum período de trabalho tenha ficado fora do cálculo.

Apesar disso, os beneficiários devem se atentar, já que há um prazo limite conforme o início do pagamento da primeira aposentadoria. São dez anos, iniciando da concessão do benefício.

Agora em 2024, vence o prazo para segurados que se aposentaram em 2014, com o tempo passando a correr a partir do primeiro dia do mês seguinte ao que o segurado recebeu a primeira parcela do benefício. Assim, por exemplo, quem começou a receber em janeiro de 2014, têm até fevereiro para pedir a revisão.

É importante destacar que a decadência vale tanto para as revisões solicitadas no INSS quanto para aquelas pedidas na Justiça.

O aposentado ou pensionista que quiser solicitar o pedido de revisão do seu benefício, precisa provar com documentos e cálculos que houve erro do INSS. Assim, a correção deve ser pedida no órgão primeiramente e a Justiça pode ser acionada se necessário. 

Vale destacar que para ações judiciais de até 60 salários mínimos ou processos abertos na Previdência Social, não há necessidade de advogado, porém é bom ter um defensor.

Enquanto isso, no Juizado Especial Federal, se o INSS recorrer, é preciso nomear um advogado em até dez dias. Mas para aqueles que estão na vara previdenciária comum, é preciso ter advogado desde o início, para dar entrada no pedido.

O beneficiário que provar o erro e conseguir a revisão, tem direito de receber as diferenças retroativas de até cinco anos antes do pedido, chamadas de atrasados. 

Além disso, o prazo pode ser diferente para revisões em que o segurado apresenta, no meio do processo, um novo documento.

Um ponto a ser citado é que no INSS, o pedido pode ser feito à distância, por meio da central telefônica 135 ou pelo Meu INSS. Para isso, é necessário ter um cadastro no Portal Gov.br para acessar a plataforma.

Passo a passo do pedido de revisão no INSS

  1. Acesse meu.inss.gov.br;
  2. Clique em "Entrar com gov.br";
  3. Informe o CPF e vá em "Avançar";
  4. Digite sua senha e clique em "Entrar";
  5. Onde se lê "Do que você precisa", escreva: "Revisão".

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.