x

Nota do Milhão

Plataforma de emissão de notas fiscais em São Paulo fica fora do ar

Usuários relatam problemas de acesso na plataforma Nota do Milhão.

06/02/2024 10:05:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Nota do Milhão: emissor de notas está fora do ar

Plataforma de emissão de notas fiscais em São Paulo fica fora do ar

Usuários do fórum do Portal Contábeis têm relatado problemas de acesso na plataforma de emissão de notas fiscais da Prefeitura de São Paulo, Nota do Milhão.

Por meio do site, contribuintes emitem um documento eletrônico e armazenam em sistema próprio da Prefeitura da Cidade de São Paulo, que registra as operações relativas à prestação de serviços na capital.

No entanto, diversos contribuintes têm encontrado dificuldades para emitir as notas. De acordo com o contador Douglas Campos, os erros começaram na última quarta-feira (31). 

“Estou tendo o problema no acesso tanto por certificado quanto por senha, em todos os navegadores ou páginas anônimas”, argumenta.

Os técnicos da Prefeitura responsáveis pela plataforma já estão cientes das instabilidades e estão trabalhando para solucioná-la. 

No entanto, se o contribuinte preferir, pode fazer uma reclamação pelo telefone 156. 

Emissão de notas fiscais

O não cumprimento da obrigação de emitir notas fiscais acarreta consequências graves, como:

Penalidades financeiras: ao deixar de emitir notas fiscais conforme as regulamentações, você fica sujeito a multas. Essas multas podem variar de 10% a 100% do valor de cada nota não emitida, podendo ser acumulativas e sujeitas a juros. Dependendo da situação financeira da empresa, essas multas podem até levar ao encerramento das atividades.

Questões legais: a ausência de emissão de notas fiscais pode resultar em problemas legais, incluindo processos judiciais e auditorias fiscais, que geram custos adicionais e transtornos para a empresa. Além disso, como a sonegação fiscal é considerada crime, há o risco de prisão do responsável pela empresa por até 2 anos.

Perda de credibilidade: a transparência nas transações é valorizada no mundo dos negócios. A falta de documentação adequada, como notas fiscais, pode gerar desconfiança e prejudicar a credibilidade da empresa perante clientes, fornecedores e parceiros comerciais, comprometendo assim suas operações.

Restrições de crédito: não emitir notas fiscais para reduzir os impostos também impacta negativamente as oportunidades de crescimento da empresa. As notas fiscais são uma confirmação do faturamento, e é com base nesse valor que os bancos avaliam a concessão de crédito e empréstimos. Ao declarar um valor menor do que o real, você limita as possibilidades de investimento.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.