x

GPS

Saiba como emitir a Guia da Previdência Social pelo Meu INSS

Confira um passo a passo para o acerto das contribuições previdenciárias do INSS.

16/02/2024 16:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Passo a passo: como emitir GPS pelo Meu INSS

Saiba como emitir a Guia da Previdência Social pelo Meu INSS

A Guia da Previdência Social (GPS) é um dos documentos mais conhecidos pelos empregadores e profissionais contábeis, voltado para o acerto das contribuições sociais ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) .

O segurado facultativo, o segurado especial que contribui facultativamente e o contribuinte individual que trabalha por conta própria, ou que presta serviço a outro contribuinte individual, o produtor rural pessoa física e outros que são responsáveis pela sua própria contribuição previdenciária também realizam a contribuição por meio da GPS, devendo o pagamento ser efetuado até o dia 15 do mês seguinte àquele a que se refere a contribuição, prorrogando-se para o primeiro dia útil seguinte em caso de não haver expediente bancário. 

A emissão da GPS é bem simples e pode ser realizada totalmente online, assim como o pagamento, dispensando a ida presencial à lotérica para pagar a guia.

A forma mais fácil do segurado emitir a Guia da Previdência Social para recolhimento da contribuição previdenciária é pelo site ou aplicativo do Meu INSS.

Assim, veja abaixo um passo a passo de como fazer a emissão pelo site do Meu INSS:

  • Acesse o site do Meu INSS; 
  • Na página inicial, encontre a opção "Serviços sem senha";
  • Selecione "Emitir guia de pagamento (GPS)";
  • Será aberta a página do Sistema de Acréscimos Legais (SAL) da Receita Federal; 
  • Nesta página, selecione a categoria previdenciária desejada;
  • Informe o Número de identificação do trabalhador (NIT); 
  • Avance clicando em "Confirmar"; 
  • Confirme seus dados na página; 
  • Veja a Tabela de código de pagamento de contribuição previdenciária para identificar o código de pagamento a ser informado na GPS, bem como a alíquota correspondente;
  • Preencha os campos com salário, mês de contribuição e selecione o código de pagamento referente a sua modalidade de contribuição;
  • Na sequência, o segurado poderá clicar em calcular e depois em gerar a GPS. 

A contribuição realizada poderá ser identificada no Cadastro Nacional de Informações Sociais - CNIS, consultando o "Extrato de Contribuições" no Meu INSS. 

Vale lembrar que entidades obrigadas a entregar a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb) devem pagar as contribuições previdenciárias com Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) gerado pela declaração e desde 10/2015 o empregador doméstico deve pagar as contribuições previdenciárias com Documento de Arrecadação do eSocial (DAE).

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.