x

Drex

Drex: moeda digital vai possibilitar pagamento offline de Bolsa Família

Nova funcionalidade do Drex para o Bolsa Família deve ser testada entre abril e maio.

28/02/2024 16:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Drex deve ser implementado em benefícios sociais

Drex: moeda digital vai possibilitar pagamento offline de Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal estuda incorporar o Drex, a nova moeda digital brasileira, em seus produtos e serviços, como o Bolsa Família.

Desenvolvido pelo Banco Central em conjunto com um consórcio composto pela Elo e Microsoft, com 16 participantes, o projeto-piloto do Drex visa explorar inovações no cenário financeiro nacional.

O real digital, como é denominado pela instituição bancária, apresenta como uma de suas características a possibilidade de pagamento offline, especialmente direcionado para benefícios sociais. 

A proposta é que beneficiários do Bolsa Família possam receber seus benefícios por meio de um cartão offline, facilitando transações mesmo em áreas sem acesso à internet.

O superintendente nacional da Caixa, Rafael Dias Silva, informou à Folha de São Paulo que a implementação dessa função específica está prevista para ser testada entre os meses de abril e maio. 

A ideia é proporcionar maior comodidade para moradores de regiões remotas, como comunidades ribeirinhas, que muitas vezes enfrentam dificuldades para acessar agências bancárias ou a internet.

Silva ressalta que o objetivo é evitar que os beneficiários tenham que se deslocar para outras cidades a fim de sacar o dinheiro do Bolsa Família. Com a utilização do Drex e do cartão offline, a transação seria possível em locais sem conectividade online.

No entanto, a implementação dessa iniciativa ainda depende de futuras regulamentações do Banco Central. Segundo a Caixa, aproximadamente 5% dos beneficiários do Bolsa Família poderiam ser contemplados por essa solução, se for aprovada.

Drex

O Drex faz parte da família do Pix, mas não é uma tecnologia de transações instantâneas, mas sim a própria moeda digital, representando o real de forma digital. 

Ao contrário das criptomoedas, o valor do Drex será estável, espelhando o valor do real. Além disso, a moeda digital tem potencial para ser mais rastreável do que o dinheiro físico, o que pode facilitar ações de combate a fraudes.

Para acessar o Drex no futuro, será necessário ter uma carteira digital em uma instituição autorizada pelo Banco Central. 

A proposta do real digital surge em meio à transformação digital do sistema financeiro brasileiro, buscando otimizar transações e proporcionar soluções inovadoras para a população.

Saiba mais sobre o Drex:

Drex pretende facilitar o acesso a serviços e transações financeiras

Especialistas explicam em 4 passos o que é o Drex e como a nova moeda impacta empresas

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.