x

conformidade fiscal

Receita Federal avança com programa de transação tributária para promover a conformidade fiscal

Nova fase de transação tributária visa regularização de débitos de até R$ 50 milhões para pessoas físicas e jurídicas.

01/04/2024 17:00:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Transação tributária: Receita anuncia medidas para regularização

Receita Federal avança com programa de transação tributária para promover a conformidade fiscal

A Receita Federal do Brasil revelou os recentes resultados e novas medidas do mecanismo de Transação Tributária, em coletiva de imprensa na capital federal. O secretário especial, Robinson Barreirinhas, destacou a conclusão de 11 operações individuais, parte das 180 em curso. Ele enfatizou na ocasião a importância dessa ferramenta na promoção da conformidade fiscal e na redução de litígios, visando um ambiente orientador para contribuintes.

Barreirinhas ressaltou o papel transformador da conformidade tributária, enquanto o  subsecretário da Receita, Mario Dehon Santiago, detalhou os tipos de transação e seus resultados. As transações individuais alcançaram um montante de R$ 7,1 bilhões, com descontos significativos e impacto positivo no recolhimento federal.

O Programa Litígio Zero 2024, a ser lançado em breve, visa atender débitos de até R$ 50 milhões, oferecendo modalidades diferenciadas de acordo com o risco do débito. Créditos irrecuperáveis poderão obter descontos substanciais, com entrada facilitada e prazos flexíveis de pagamento. O programa abrange tanto pessoas físicas quanto jurídicas e busca promover a regularização fiscal de forma eficaz e justa, priorizando a sustentabilidade financeira das empresas e o crescimento econômico do país.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.