x

Mais de meio milhão de empresas pedem para ingressar no Supersimples

Os pedidos foram feitos de janeiro a 20 de fevereiro deste ano; das solicitações, 190.388 já conseguiram entrar no sistema e mais da metade

27/02/2009 00:00:00

2,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Os pedidos foram feitos de janeiro a 20 de fevereiro deste ano; das solicitações, 190.388 já conseguiram entrar no sistema e mais da metade aguarda o resultado final, previsto para 10 de março

De janeiro a 20 de fevereiro de 2009, mais de meio milhão de micro e pequenas empresas solicitaram adesão ao Simples Nacional, o sistema de tributação do segmento. Foram 501.962 empresas, 301.962 a mais do que as 200 mil inicialmente esperadas e superando os 309 mil pedidos feitos em janeiro de 2008.

O prazo de adesão começou em janeiro e foi encerrado no dia 20 de fevereiro. De acordo com a Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional, em janeiro, foram 384.504 e, em fevereiro, mais 116. 458.

Do total de pedidos, 190.388 foram deferidos e 4.410 foram indeferidos por problemas cadastrais ou fiscais ou por pendências com Estados e municípios. Mas a maioria, 61,2% dos pedidos ainda estão pendentes de verificação, com problemas de débitos com a Receita Federal, estados e municípios. O resultado final está previsto para o dia 10 de março.

Na avaliação do gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick, o interesse dos empresários pelo Simples Nacional "confirma o acerto na criação do sistema e é resultado dos ajustes feitos na lei que criou o sistema, a Lei Complementar 123/06 conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

Em dezembro de 2008, por exemplo, entrou em vigor a Lei Complementar 128/08, que faz ajustes à Lei Geral, permitindo, entre as mudanças, a entrada de novos setores econômicos ao Simples Nacional e possibilitando resolver problemas relativos à cobrança do ICMS. "A grande quantidade de pedidos confirma o caminho correto da criação do Simples Nacional. Resta esperar que as empresas que estão com pendências consigam resolver os problemas para serem incluídas nesse sistema", diz Bruno Quick.

O secretário-executivo do Comitê Gestor do Simples Nacional, Silas Santiago, também avalia que a grande quantidade de pedidos de adesão ao sistema reflete a sua "importância para o segmento". Ele também credita a procura às mudanças feitas na lei, como a permissão para a entrada de novas categorias no Simples Nacional, além da tentativa de empresas excluídas em 2008 tentarem retornar ao regime.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Enviado por: Wilson Fernando de Almeida Fortunato

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.