x

Fecomércio pede aumento no limite do Simples

Em documento enviado ao Ministério da Fazenda e à Secretaria da Receita Federal, a Federação do Comércio do Estado de

27/03/2009 00:00:00

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Em documento enviado ao Ministério da Fazenda e à Secretaria da Receita Federal, a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio) reclama o aumento do limite para enquadramento no Simples Nacional. O objetivo é passar dos atuais R$ 2,4 milhões para R$ 4,8 milhões, mantendo a alíquota de cada nível.

"Muitos empresários são prejudicados porque os valores estabelecidos nas faixas de faturamento foram corroídos pela inflação ao longo dos anos. Desta forma, o enquadramento das empresas ocorre em níveis mais elevados. Como o sistema de recolhimento de tributos do Simples Nacional é progressivo, tal como ocorre no Imposto de Renda, as alíquotas acabam sendo maiores. Para evitar esse tipo de distorção, também defendemos a criação de um ''gatilho'' anual de atualização monetária", afirma Noboru Takarabe, assessor econômico da Fecomercio.

Fonte: Fecomércio

Enviado por: Wilson Fernando A. Fortunato

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.