x

Entrega da declaração de isento aumenta 40%

A Receita Federal recebeu 680 mil declarações de isento do Imposto de Renda da Pessoa Física no primeiro dia de entrega do documento, na quinta-feira da semana

05/09/2005 00:00:00

1,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

A Receita Federal recebeu 680 mil declarações de isento do Imposto de Renda da Pessoa Física no primeiro dia de entrega do documento, na quinta-feira da semana passada. O total entregue representa um crescimento de 40% sobre o volume entregue no primeiro dia do ano passado. A entrega, que pode ser feita até o dia 30 de novembro é obrigatória para quem obteve renda inferior a R$ 12.696 em 2004 e tem CPF (Cadastro de Pessoa Física). A maior parte (353 mil) optou por fazer a entrega pela Internet (www.receita. fazenda.gov.br). Outros 292 mil utilizaram as casas lotéricas. O restante (35 mil) usou os demais meios: Banco do Brasil (só para correntistas), Banco Popular do Brasil , Correios e correspondentes bancários da Caixa Econômica Federal (Caixa Aqui). O custo do envio da declaração nos Correios será de R$ 2,40. Nas lotéricas e correspondentes bancários, o contribuinte pagará R$ 1. A entrega pela Internet será gratuita. No ano passado, o meio mais utilizado pelos contribuintes foi a lotérica, com 29,597 milhões (51,9%) do total de declarações entregues (57,077 milhões). Em segundo lugar ficou a entrega via Internet, que recebeu 22,353 milhões (39,2%) de documentos. Quem ficar dois anos consecutivos sem entregar a declaração de isento ou de ajuste (Imposto de Renda) terá o CPF suspenso. Hoje, há 15,55 milhões de documentos nessa situação.

Fonte: DCI

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.