Contábeis o portal da profissão contábil

1
Nov 2014
11:11
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


sociedade em cota de participação

9   respostas
13.865   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Ivan Souza de Oliveira

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 23 de junho de 2005 às 15:03:00
gostaria de saber como é feita a contabilização de controle deste tipo de sociedade
Everton Rocha da Silva

Usuário Ativo

postada em: Segunda-Feira, 25 de fevereiro de 2008 às 18:33:52
A sociedade em cotas de participação, requer uma contabilidade separadamente. Como se fosse uma empresa diferente, vai ter livro diário, razão, demonstrações contábeis, tudo normalmente. A única diferença é quanto as obrigações acessórias, pois declarações como DCTF, DACON devem ser informadas de forma diferenciada (códigos de receita).
Também será necessário a utilização de métodos de equivalencia patrimonial.

Espero ter ajudado.

Att.
Everton Rocha
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Terça-Feira, 26 de fevereiro de 2008 às 12:38:56
Caro Ivan e Caro Everton.

Sobre a sociedade em conta de participação eis os requisitos, recomenda-se uma boa leitura.

SOCIEDADES EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO - SCP

Os resultados das Sociedades em Conta de Partici-pação - SCP deverão ser apurados em cada período, com observância das normas aplicáveis às pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real, de acordo com as normas específicas previstas na Instrução Normativa SRF nº 179/1987, examinadas neste trabalho.

2. INSCRIÇÃO NO CADASTRO NACIONAL DA PESSOA JURÍDICA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA
A Sociedade em Conta de Participação não está obrigada a se inscrever no CNPJ do Ministério da Fazenda. Entretanto, esse tipo de sociedade, não obstante a dispensa de inscrição, é equiparada à pessoa jurídica na forma estabelecida pelo artigo 148 do RIR/1999.

3. RECURSOS APLICADOS NA SCP
Os valores entregues ou aplicados na Sociedade em Conta de Participação pelos sócios pessoas jurídicas deverão ser classificados no subgrupo "Investimentos - Ativo Permanente", estando sujeitos aos critérios de avaliação previstos para as participações permanentes em outras sociedades, ou seja:
a) avaliação pelo valor de patrimônio líquido nos casos de investimentos relevantes em sociedades coligadas, ou sociedades controladas;
b) avaliação pelo custo de aquisição, nos demais casos.
No caso de avaliação pela equivalência patrimonial, a contrapartida do ajuste do valor do investimento, por ocasião de cada avaliação, não será computada na determinação do lucro real; ou seja, o valor positivo não é tributável e o valor negativo não é dedutível.

4. EMISSÃO DE DOCUMENTOS
Como a Sociedade em Conta de Participação não tem personalidade jurídica própria, uma vez que a sua equiparação à pessoa jurídica produz efeitos tão-somente perante a legislação do Imposto de Renda nos negócios relacionados com a atividade da sociedade, quem se obriga perante terceiros é o sócio ostensivo, em cujo nome são emitidos os documentos respectivos.

5. ESCRITURAÇÃO
A escrituração das operações de Sociedade em Conta de Participação poderá, à opção do sócio ostensivo, ser efetuada nos livros deste ou em livros próprios, observando-se o seguinte (Art. 254 do RIR/1999):
I - quando forem utilizados os livros do sócio ostensivo, os registros contábeis deverão ser feitos de forma a evidenciar os lançamentos referentes à Sociedade em Conta de Participação;
II - os resultados e o lucro real correspondentes à Sociedade em Conta de Participação deverão ser apurados e demonstrados destacadamente dos resultados e do lucro real do sócio ostensivo, ainda que a escrituração seja feita nos mesmos livros;
III - nos documentos relacionados com a atividade da Sociedade em Conta de Participação, o sócio ostensivo deverá fazer constar indicação de modo a permitir identificar sua vinculação com a referida sociedade.
Embora a legislação do Imposto de Renda permita a escrituração das operações praticadas pela SCP nos livros do sócio ostensivo, é aconselhável que esses registros sejam efetuados em livros da SCP a fim de que, sem nenhuma dúvida, fique demonstrado o resultado auferido pela SCP em cada período de apuração do Imposto de Renda.
Fazendo a opção pela utilização dos registros em livros próprios, a SCP deverá possuir e escriturar:
a) livro Diário;
b) livro Razão;
c) livro de Apuração do Lucro Real;
d) livro Registro de Inventário.

6. FORMA DE APURAÇÃO DO LUCRO REAL
Compete ao sócio ostensivo a responsabilidade pela apuração dos resultados, apresentação da declaração de rendimentos e recolhimento do imposto devido, observado o seguinte:
a) o lucro real da Sociedade em Conta de Participação será informado e tributado na mesma declaração de rendimentos do sócio ostensivo;
b) o prejuízo fiscal somente poderá ser compensado com o lucro real decorrente da mesma SCP;
c) não é permitida a compensação de prejuízos entre duas ou mais SCP, nem entre estas e o sócio ostensivo;
d) a opção para aplicação do imposto em investimentos regionais e setoriais incentivados, correspondentes à SCP, será efetuada pelo sócio ostensivo em sua própria declaração de rendimentos.

7. POSSIBILIDADE DE OPÇÃO PELO LUCRO PRESUMIDO
De acordo com a Instrução Normativa SRF nº 31/2001, a partir de 1º de janeiro de 2001, observadas as hipóteses de obrigatoriedade de observância do regime de tributação com base no lucro real previstas no art. 14 da Lei nº 9.718/1998, as Sociedades em Conta de Participação podem optar pelo regime de tributação com base no lucro presumido, observado o seguinte:
I - a opção da Sociedade em Conta de Participação pelo regime de tributação com base no lucro presumido não implica a simultânea opção do sócio ostensivo, nem a opção efetuada por este implica a opção daquela;
II - o recolhimento dos tributos e contribuições devidos pela Sociedade em Conta de Participação será efetuado mediante a utilização de DARF específico, em nome do sócio ostensivo;
III - as Sociedades em Conta de Participação que exerçam as atividades de compra e venda, loteamento, incorporação e construção de imóveis não poderão optar pelo lucro presumido enquanto não concluídas as operações imobiliárias para as quais haja registro de custo orçado;
IV - deverão ser observadas as demais normas relativas ao regime de tributação com base no lucro presumido previstas na legislação tributária, inclusive quanto à adoção do regime de caixa.

8. TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES DEVIDOS PELA SCP
O Imposto de Renda, a Contribuição Social Sobre o Lucro, as Contribuições ao PIS e à COFINS e demais tributos federais devidos pela SCP são pagos pelo sócio ostensivo, juntamente com o imposto e as contribuições por esse devidos, utilizando-se um mesmo DARF para cada código específico de tributo.

9. LUCROS DISTRIBUÍDOS PELA SCP
Os lucros distribuídos pelas SCP aos seus sócios sujeitam-se ao regime tributário aplicável aos lucros distribuídos pelas demais pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real.

10. DIRF E DCTF
Tendo em vista que os tributos e contribuições referentes à SCP são recolhidos pelo sócio ostensivo, não há obrigação de entrega trimestral da DCTF e nem da DIRF anual, uma vez que os tributos e contribuições serão declarados na DCTF e na DIRF do sócio ostensivo.

11. ALIENAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO EM SCP
O ganho ou perda de capital na alienação de participação em SCP será apurado com observância dos mesmos critérios aplicáveis à alienação de participação societária em outras pessoas jurídicas.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Terça-Feira, 25 de março de 2008 às 16:59:18
oi claudio

vc. por um acaso teria um modelo de preenchimento da DACON detalhado para postar, eu agradeceria pois estou precisando

Deste já muito obrigado

Vanderlei
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Terça-Feira, 25 de março de 2008 às 17:32:20
Vanderlei Apareceido Paulo Silva.

Poste sua pergunta na sala de legislação federal, lá alguém te orientará de forma objetiva.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Quarta-Feira, 26 de março de 2008 às 08:34:18
Muito obrigado
postada em: Sexta-Feira, 5 de fevereiro de 2010 às 01:50:51
estou com duvida na tributação de SCP, uma empresa que é a socia ostensiva é tributada no lucro real, ela pode fazer a tributação da SCP presumida? Pelo que entendi os impostos tem que ser recolhidos no mesmo darf?
Franklin de Vasconcelos Silva

Usuário Estrela Nova

postada em: Quinta-Feira, 20 de maio de 2010 às 12:13:48
Galera,

Estou com algumas duvidas, segue descriminados abaixo;

1º Estou abrindo um escritório de contabilidade e tem uma empresa que quer ser sócia investidora, vocês acham melhor ter eles como sócia investidora ou apenas terem eles como investidores?

2º Contabilização na distribuição dos lucros da empresa de contabilidade no caso se a outra empresa for sócia investidora?

3º Contabilização na participação do capital social da empresa de contabilidade no caso se a outra empresa investidora?

AO INVERSO

4º A contabilização na distribuição recebidas da sócia investidora?

5º A contabilização na participação recebida da investidora?

Espero que voces entendam.
E agredeço.
Emanuel Diego

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 21 de fevereiro de 2011 às 11:10:21
Claudio,
bom dia, tudo bem ?

Como estamos na epoca de DIRPF, fiquei com duvida quanto a gerar os informes de rendimentos, devo fazer ? na dirf entra ?

obrigado.

Diego
(11) 99424-2921
Tony Andreo Marques

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 21 de fevereiro de 2011 às 17:07:19
Boa tarde pessoal.

Tenho uma SCP como cliente no escritório e a mesma se tornou sócia em uma SPE, e com isso me surgiu uma dúvida.
Quando a SCP receber a distribuição de lucros, vou ter que tributar novamente? Ou pelo fato de ja ter sido tributado o mesmo se faz isento?

Desde já agradeço.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.53 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César