x
CONTEÚDO artigos

Processos

5 erros comuns no Departamento Pessoal

O Departamento Pessoal (DP) é composto por muitos processos, exigências, informações detalhadas, que interferem diretamente na relação trabalhista/previdenciária entre empresa e colaborador.

20/11/2020 09:15:01

6,3 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

5 erros comuns no Departamento Pessoal

O Departamento Pessoal (DP) é composto por muitos processos, exigências, informações detalhadas, que interferem diretamente na relação trabalhista/previdenciária entre empresa e colaborador.

Em alguns casos, os erros/omissões, costumam afetar tanto a empresa quanto o colaborador.

Por exemplo, se a empresa deixar de recolher um imposto, ou o colaborador não consegue sacar o FGTS, por conta de um erro/omissão.

Muitos profissionais, que me procuram, tem ou tiveram as dificuldades listadas abaixo, e muitas vezes por desconhecimento, acabam persistindo no erro.

Gosto bastante da frase abaixo, e, a meu ver, pro DP, faz total sentido:

Quem paga mal, paga duas vezes.” - Athos Carneiro.

Pensando nisso elaborei este artigo, com os 5 erros comuns do DP, contendo dicas para evitar/minimizar estes erros.

Vem comigo.

1. Não consultar legislação, manuais de obrigações acessórias, documentos legais

Na internet temos acesso à legislação e explicações. Estas podem facilitar no entendimento, na tomada de decisões estratégicas.

Algumas empresas possuem o setor jurídico ou consultoria externa, então busque embasamento legal.

Existem grupos nas redes sociais, fóruns de tira-dúvidas, profissionais postando diversas dicas.

2. Deixar de retificar (corrigir) informações, que podem prejudicar o colaborador/empresa

É importante se atentar a informações prestadas, documentos digitados, e afins.

Somos humanos e em algum momento cometemos algum erro. Ao invés de ocultar o erro, devemos buscar consertar, quanto antes.

Evite processos manuais.

3. Acreditar que o eSocial será responsabilidade da empresa fornecedora do sistema de folha

O eSocial já é realidade, no entanto, muitos profissionais acreditam, na responsabilidade do sistema de folha.

O sistema de folha, gera os leiautes e transmite. Mas quem precisa parametrizar, conferir as informações, é o responsável pela entrega do eSocial.

É importante entender as informações enviadas, para saber tratar dos erros retornados, ou pelo menos ter uma direção.

4. Não conferir documentos, relatórios...

Conferir, por amostragem, se for o caso. Por exemplo: conferir se o valor de adicional noturno, está calculando correto. Explore as funcionalidades, do software de folha de pagamento utilizado, pois podem te auxiliar nas conferências.

Definir procedimentos, verificar assinaturas nos documentos.

Checklists, tendem a facilitar.

5. Seguir a crença “sempre foi feito assim”

É importante entender, o que é, porque você está fazendo.

Diversas tarefas, tendem a ser refeitas, por este pensamento.

Muitos processos desnecessários, podem ser revistos e extintos.

A rotina do departamento pessoal é puxada, surgem muitas orientações e obrigações, a todo momento, se tornando bem complicado, lembramos de todos os detalhes.

Por isso é importante consultar as fontes oficiais, orientações, ter certeza da decisão tomada.

Você pode reservar por dia, um tempo, para se atualizar e estudar sobre os assuntos.

Esse artigo foi útil para você? Não esqueça de deixar sua contribuição, nos comentários.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.