x
2007-08-21T10:53:00-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 126

acessos 428.266

Contabilização das Bonificações

há 3 anos Quarta-Feira | 5 abril 2017 | 15:03

Boa tarde !
Verifiquei as respostas mas não consegui sanar a minha dúvida.
Tenho a necessidade de emitir uma Nota Fiscal de Bonificação no cfop 5.910 para um cliente.
Na NF tenho que emiti-la com o preço de venda, uma vez que não posso informar ao meu cliente o valor de custo da mercadoria, para fins comerciais isso seria inviável.
Sendo assim como proceder com a contabilização dessa NF?
D - Despesa com bonificação (pelo valor de custo)
C- Estoque (pelo valor de custo)

A diferença entre o valor da NF (valor de venda), e o valor de custo da mercadoria (valor já contabilizado), como faço a contabilização dele?
Na empresa de vocês, emitem as bonificações a preço de custo ou a preço de venda?

há 2 anos Quarta-Feira | 16 agosto 2017 | 16:46

Boa tarde

A empresa compra e vende frutas com notas e sem notas, eles colocam em bilhete e tem numeração
A minha pergunta é como que eu lanço esses valores de bilhete sem notas?
Na contabilidade posso lançar como outras receitas?
Na fiscal posso lançar e colocar o número de bilhete no lugar de nf-e?

O financeiro entrega uma planilha de receitas com notas e outra com bilhetes.


Atenciosamente

há 2 anos Quarta-Feira | 3 janeiro 2018 | 18:24

Boa Tarde!

Minha dúvida (e que não localizei em nenhum dos tópicos) é que a empresa em questão comercializa produtos perecíveis e não tem estoque.

Tem notas tanto de entrada quanto de saída de bonificação.

Eu gostaria de saber se posso lançar assim:

CFOP 5.910 ou 6.910 Remessa em bonificação (saída)
Código reduzido 42107 (débito) Bonificações - CR - Custo
Código Completo 4.5.1.01.0003
Código reduzido 42101 (crédito) Mercadoria p/ Revenda - CR - Custo
Código Completo 4.5.1.01.0001
Histórico: Saída de bonificação de mercadoria

CFOP 1.910 ou 2.910 Entrada de bonificação (entrada)
Código reduzido 42101 (débito) Mercadoria p/ Revenda - CR - Custo
Código Completo 4.5.1.01.0001
Código reduzido 61125 (crédito) Despesa com bonificação - CR - Receita
Código Completo 3.1.1.02.0002
Histórico: Entrada de bonificação de mercadoria

Nos lançamentos comuns (compra e venda de mercadoria), lanço assim:

Compra comum (entrada)
D - 42101 - Mercadoria para revenda (Custo)
C - 11110 - Caixa

Venda comum (saída)
D - 11110 - Caixa
C - 61121 - Revenda de mercadoria (Receita)

Minha dúvida é que no caso da saída da bonificação seriam duas contas de custo e no caso da entrada da bonificação ficaria no crédito de receita mesmo?

Estou achando muito estranho.

Poderiam por favor me confirmar?

há 2 anos Quinta-Feira | 22 fevereiro 2018 | 13:35

Boa tarde, estou com uma dúvida: trabalho em uma indústria onde recebemos de um fornecedor uma NF de insumo amostra grátis. Utilizaremos esse insumo para testes na produção. Como contabilizar essa entrada?

há 2 anos Segunda-Feira | 28 maio 2018 | 15:17

Prezados, boa tarde!

Sou novo no departamento contábil e estou com uma duvida ao criar as contas.

Meu cliente fez uma remessa de bonificação, portando as contas que preciso criar são:
D - Estoque de mercadoria (grupo 1.1, ATIVOS CIRCULANTE), e;
C - Receita de Bonificação (grupo 4.1, RECEITA LIQUIDA).

Está certo isso?

Desde já, agradeço atenção de todos.

há 1 ano Quarta-Feira | 7 novembro 2018 | 12:13

Bom dia!
Uma empresa prestadora de serviços veterinários recebe mercadorias em bonificação para uso na prestação de serviços, como ficaria a contabilização para zerar a conta de resultado e o estoque?

há 39 semanas Quarta-Feira | 28 agosto 2019 | 13:38

Verônica, boa tarde!

Na minha opinião é considerado outras receitas 
Débito- Estoque
Crédito- outras receitas
Quando usar o material é só baixar o mesmo do estoque.
Débito - Custo conta de resultado
crédito- Estoque

Dessa forma um zera o outro. 

Carvalho
Página 5 de 5
1 2 3 4 5
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.