x
2020-01-13T08:43:51-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 3

acessos 62

SEFIP DEMISSÃO CANCELADA

há 24 semanas Segunda-Feira | 13 janeiro 2020 | 08:43

Bom dia, tenho uma situação: uma colaboradora foi demitida dia 25/12/2019, e foram pagas a rescisão e a grrf de forma antecipada. Dia 27/12 ela foi fazer o ASO demissional, mas foi considerada inapta. Como proceder agora, pois na rescisão recebeu 25 dias de salario de dezembro, cujo FGTS fora recolhido na GRRF? Se eu pedir a RDF fico com a conta do FGTS da empresa bloqueada, sei que devo excluir a movimentação via RDT e fazer o CAGED acerto.
Agora como informar que não foi demitida via SEFIP? É preciso mesmo? pois a mesma devolveu os outros valores da rescisão ficando com os 25 dias de salario...alguém pode me ajudar?
Agradeço....

há 24 semanas Segunda-Feira | 13 janeiro 2020 | 17:47

Geane

Ela chegou a sacar o FGTS? ? Se sim, nao tem jeito, precisa da RDF pra recompor o saldo a conta e só dps anular a movimentação, mas se ela nao sacou, só a RDT resolve.

Precisa acertar no SEFIP sim, reevniar a informação sem a data de saída e com o resto do salário.

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
há 24 semanas Terça-Feira | 14 janeiro 2020 | 14:04

Olá Karina, ela não sacou o FGTS e já fiz a RDT pra levar na Caixa. Na rescisão ela recebeu 25 dias de saldo de salário e devolveu o resto dos valores, já que foi recolhido o FGTS o INSS e o IRRF sobre esse valor.
Então se eu informar uma sefip vai gerar novos valores de FGTS e INSS, que já foram recolhidos. Os 5 dias de dezembro faltantes vamos pagar quando da folha de janeiro de 2020, então realmente preciso reenviar uma sefip?

há 24 semanas Terça-Feira | 14 janeiro 2020 | 15:17

Geane

Sim, pois o salário de dezembro é de dezembro....

O FGTS e o INSS sob os 5 dias que restam é simples gerar guias complementares.

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.