x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 2

acessos 120

FGTS RECOLHIDO INDEVIDAMENTE

Shirley Valcacio

Bronze DIVISÃO 4, Contador(a)
há 29 semanas Quinta-Feira | 7 janeiro 2021 | 11:06

Bom dia a todos!
dia 31/12/2020 terminaria o contrato por tempo determinado de uma funcionaria. Porém, por um descuido ela saiu na folha mensal normalmente. A empresa já pagou o FGTS mensal. Tive de gerar a rescisão e reenviar a Gfip com as informações corretas e a empresa teve de pagar a guia de recolhimento rescisório. Agora preciso pedir a devolução do FGTS gerado na GRF mensal. Como devo proceder sendo que a duplicidade foi gerada em guias de recolhimento diferentes??? 

"A pior ambição do ser humano é desejar colher os frutos daquilo que nunca plantou."

Aparecido Moreira Pinhas

Bronze DIVISÃO 5
há 29 semanas Quinta-Feira | 7 janeiro 2021 | 11:29

Shirley Valcacio,

Você vai precisar "OBRIGATORIAMENTE" fazer as exclusões das SEFIP's enviadas indevidamente, esperar um dia e no dia seguinte fazer o envio das SEFIP"s corretas, depois fazer o preenchimento de uma RDF (Retificação com Devolução de FGTS) , disponível no site da caixa, e levar até uma agencia da caixa com todos as copias dos comprovantes pagos, e esperar em media 5 anos (pode ser que o prazo seja menor), para a devolução, consulte o documento e veja todas as informações necessárias para o preenchimento, atente-se que a conta para devolução tem que estar em nome do contribuinte que pagou as guias em duplicidade pois se não a Caixa não devolve. Existe este está opção no site do Conectividade, mas não estava funcionando, se você quiser pode tentar por lá também !

Espero ter ajudado !

Shirley Valcacio

Bronze DIVISÃO 4, Contador(a)
há 29 semanas Quarta-Feira | 13 janeiro 2021 | 11:44

Bom dia,
Aparecido Moreira, obrigada pela ajuda. Mas, é serio que demora 5 anos pra se ter um retorno da caixa??? 

"A pior ambição do ser humano é desejar colher os frutos daquilo que nunca plantou."
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.